Primeira página de "A Bola": lamentável


Já ouvi pessoas cultas e razoáveis defenderem as ideias mais estapafúrdias em nome dos respectivos clubes e já ouvi as mesmas pessoas defenderem a ideia que a paixão clubística permite que se defendam as ideias mais estapafúrdias. Aliás, Portugal, nos mais variados campos, incluindo a política, funciona com base na paixão clubística: os nossos são bons, os outros são maus.

Não há ninguém que, verdadeiramente, saiba perder, porque ninguém quer saber fazer tal coisa. No entanto, não aceito que tenha de me portar como um troglodita só porque perco. Mais: acredito que, após milhares de anos de evolução, tenho a obrigação de tentar ser tanto mais humano quanto mais vontade tenha de ser um animal, como sucede no momento das derrotas. Após milhares de anos de evolução, devo ser o menos pitecantropo e o mais pedagógico possível.

Assim, considero sempre ridícula qualquer desvalorização de uma vitória futebolística, sobretudo quando se trata de competições de regularidade, como é o caso de um campeonato. Na época passada, o título de campeão ficaria muito bem entregue ao Braga, como ficou ao Benfica. Este ano, vai ganhar a equipa mais regular, o Futebol Clube do Porto.

Em Braga, o Javi foi bem expulso, o Roberto foi mal batido, o Benfica perdeu bem. Jorge Jesus e Luís Filipe Vieira ficam mal na fotografia, como é, infelizmente, costume nos treinadores e dirigentes que não estão em primeiro lugar, sempre prontos a atribuir derrotas a árbitros, a túneis ou a cabazes de fruta.

De treinadores e dirigentes espero, sinceramente, pouca elevação. De um jornal como A Bola, uma instituição do jornalismo, talvez ainda esperasse alguma pedagogia. Infelizmente, a primeira página de ontem é absolutamente lamentável de tão incendiária e tendenciosa que é.

Comments

  1. carlos fonseca says:

    Fernando Nabais,

    Sou do Belenenses, o que verdadeiramente já não se usa nem se recomenda. ‘A Bola’ é dirigida por Vítor Serpa, filho de um ex-belenense e ex-jornalista da casa, Homero Serpa. O Vítor Serpa, a que não tenho a veleidade de proibir o benfiquismo, tem ultrapassado tudo o que é exigível no plano ético a um director do jornal – nem me venham falar do tendencioso Alfredo Farinha, porque seria um aprendiz de feiticeiro, se comparado com o VS. Quando me lembro da escola deixada por Cândido de Oliveira e Ribeiro dos Reis, ambos cidadãos exemplares, o Serpa actual é a antítese do homem de densa formação cultural, cívica e desportiva que caracterizava os fundadores de ‘A Bola’.
    No entanto, deixa-me acrescentar: noutros jornais e instâncias, o futebol português atingiu igualmente o nível mais baixo que alguma vez conheci. Do aproveitamento político à corrupção, do incentivo à divisão do país segundo as preferências e geografias clubísticas, há tudo quanto existe de pior. Por isso, no nosso futebol quem ganha e perde campeonatos são os árbitros e senhores doutores dos órgãos da Liga – nome divertido este, dada a conotação prostíbular.
    Para terminar, realço que o título de ‘A Bola’ é um “very light”; no caso, auto-flagelador.

    • António Fernando Nabais says:

      Carlos

      Eu sou benfiquista e, diante da alarvidade que campeia pelo mundo futebolístico (que, a bem dizer, é o país todo), gostaria muito que os benfiquistas fossem diferentes para melhor. A realidade é que são iguais a todos os outros: perdemos sempre por causa dos árbitros.
      Já se sabe que o mundo do futebol é muito feito de subterrâneos, mas nunca vi nenhuma equipa ganhar campeonatos sem ser mais regular e sem ser beneficiada e prejudicada pelos árbitros.
      Toda esta argumentação é tão triste que as pessoas nem se apercebem que, ao criticarem os outros, afirmando a ilegitimdade das vitórias alheias, estão a preparar o terreno para serem criticados quando ganham.

  2. As verdades desagradam a V.Exa.? O facto de o Benfica ter sido escandalosamente roubado em Braga devia ser censurado.

    Ora, vá dar uma curva ao tribunal de Gondomar…

    • António Fernando Nabais says:

      Ó Carlos Alberto, gostava tanto que conseguíssemos ser melhores que o Pinto da Costa e o Luís Filipe Vieira, mas é difícil. O Benfica foi roubado pelo Javi Gacia, que não soube conter-se, e pelo Roberto, que ofereceu um golo. Se o árbitro se enganou ou estava comprado são coisas que só interessam a quem não soube ganhar.

      • Meu caro Nabais
        Tendo lido que é Benfiquista vou perder mais um pouco de tempo em lhe responder pois acho que o politicamente correcto e a auto-flagelação não apropriado nesta situação.

        Quanto ao lance do Javi recomendo um visita a um dos meus blogs:

        http://aquihatertulia.blogspot.com/2011/03/as-imagens-escondidas-pela-sporttv.html

        com as imagens que a Sporttv censurou. Mas nem seria preciso pois nas que mostrou torna-se impossível dizer onde o Javi agride o Alan pois primeiro ele contorce-se com dores no peito para, após a queda se queixar horrivelmente da garganta (acho que só isso já o devia ter feito desconfiar que alguma coisa de errado havia, não?)
        Mas esse nem foi o único lance onde o Xistrema funcionou: convido-o na qualidade de Benfiquista a visitar o youtube (repare que só o convido porque é benfiquista porque se fosse do FCP eu sei que seria alérgico a isso):

        Acredito que após ver este video mudará de opinião em relação ao jogo e consequentemente em relação à capa da Bola – A coragem da verdade nunca envergonha ninguém!

        Como benfiquista convido-o a visitar ainda o blog: http://benfiliado.blogspot.com/ onde os assuntos do glorioso são escalpelizados diariamente.

        Abraço

        • António Fernando Nabais says:

          Caro Carlos Alberto

          Já há muitos anos que gosto mais de futebol do que do Benfica (e gosto muito do Benfica). Devo esse comportamento ao exemplo do meu pai, sportinguista, mas, sobretudo, amante do futebol. Já há vários anos que vejo o FCP ganhar e, por muito que tenha sabido de jogos de bastidores, não há dúvida de que tem sido a melhor equipa dos últimos trinta anos, também por demérito dos adversários, Benfica incluído.
          Se procurar no youtube, encontrará a mesma quantidade de lances em que o Benfica ou o Sporting foram beneficiados noutros jogos (em vídeos sempre colocados por adeptos dos adversários). É uma discussão, para mim, ociosa, porque vemos sempre um argueiro no olho do vizinho e não vemos uma trave no nosso.
          O campeonato do ano passado foi ganho com brilhantismo pela melhor equipa, o que não impediu as referências a túneis e a benefícios.
          Não tenho feitio para autoflagelações, mas penaliza-me muito ver que todos os adeptos são parecidos no que têm de pior.
          Quanto ao lance do Javi, mantenho a mesma ideia que já tinha:
          1 – sofre falta do Alan;
          2 – agride o Alan (não interessa se com muita ou pouca força);
          3 – o Alan faz uma fita monumental (como todos os jogadores).
          4 – a única dúvida que tenho é se está correcto marcar falta contra o Benfica. O Pedro Henriques, na tvi, considera que está correcto.
          5 – seja como for, com um guarda-redes seguro nas bolas por alto, dificilmente teria sido golo.
          O verdadeiro jornalismo não se pode confundir com sensacionalismo. Aquilo que “A Bola” fez ontem não é jornalismo, é tão incendiário como as atoardas que o Pinto da Costa, o Luís Filipe Vieira e muitos outros deixam escapar.

          • Por outro lado o Coroado (de todos o mais anti-benfiquista) diz no Jogo (idem) que não haveria lugar a expulsão alguma e a falta seria sempre a favor do Benfica.

  3. Rodrigo Costa says:

    .. Caro Fernando Nabais,

    … Quando o Benfica, para a Taça, ganhou ao Porto, a minha namorada, que é benfiquista, perguntou-me se não queria uma proposta, que ainda ia a tempo :-)…
    Não aceitei. Achei sempre que era possível pertencer ao clube a que o Fernando Nabais pertence. Mais, tive sempre a certeza de que esse clube existia.

    Quanto às declarações de Luís Filipe Vieira —de Jesus, nem vale a pena, devido aos naturais “condicionismos”—, elas são o que seriam, mais coisa, menos coisa, as que proferiria Pinto da Costa, se os papéis estivessem invertidos. Segundo eles, nos momentos de “infortúnio”, é necessário unir e estimular as “tropas”. Eu acho que eles se dirigem aos mentecaptos; aos que, podendo, naturalmente, ser adeptos dos seus clubes, não conseguem ter análise isenta, fria. É isso que se pretende; sem que seja necessário, penso, ter ido à Universidade.

    • António Fernando Nabais says:

      Caro Rodrigo,

      Antes de mais, deixe-me dar-lhe os parabéns pela sua namorada, mulher de gosto excelente, pelo menos em termos clubísticos :-)
      Os dirigentes e treinadores falam sempre, de preferência, para os mentecaptos, essa maioria absoluta.
      Não enjeito, naturalmente, o prazer de chatear os adversários, de dizer uns disparates saudáveis, fingindo-me ainda mais mentecapto do que já sou. Quando a coisa é a sério, perde a piada toda.
      De resto, somos do mesmo clube. A Universidade, por onde tenho passado várias vezes, nunca isentou ninguém da estupidez. Muitas vezes, aliás, os diplomas potenciam-na.

  4. Quem quizer saber a verdade deve ver o filme que está em “www.forumbenfica.blogspot.com”.

  5. Rodrigo Costa says:

    Caro AL,

    Como portista, acha que, se eu quiser saber a verdade sobre os jogos em que o F C do Porto intervém, devo ir ao site do clube ou a um qualquer “www.forumporto.com”?… Não me parece.

  6. http://www.forumbenfica.blogspot.com – esclarecedor! Este blogue parece que tem como condição preferencial ser-se anti-Benfica. De facto, a 1ª página de A Bola só peca por defeito. Só o Carlos Chispe de Porco adepto do Futebol Clube do Porco, viu o que mais ninguém no Universo e arredores viu. Pinto da Costa, o ditador deste fascismo futebolístico, num país normal, já estava preso. bastavam as escutas do que estão no youtube. Essas não são vergonhosas, hein, seu Nabo Nabais…

    • António Fernando Nabais says:

      Ó Guedes, não seja modesto: você não é Pobre, é Paupérrimo. Eu sou nabo e Nabais, muito obrigado, para além de benfiquista, desculpe lá.
      Muito do que o Pinto da Costa diz, mesmo sem escutas, é vergonhoso (são tantas as histórias, incluindo, por exemplo, a defesa da cotovelada do Paulinho Santos e o esquecimento das agressões repetidas do Meireles e do Bruno Alves na final da Taça da Liga, o ano passado). O que me chateia é que haja muitos benfiquistas parecidos com ele. Gostava que fôssemos melhores, mas parece que não.

      • Ó Nabais, antes pobre de espírito do que masoquista. O FCP não é um clube, é uma associação terrorista e criminosa. Com essa mania de quereres agradar a todos, acabas por não ter sol na eira nem chuva no nabal.

        • António Fernando Nabais says:

          Já percebi que o amigo Guedes está preocupado com o Além, desejoso de ganhar o Reino dos Céus, que será dos pobres de espírito.
          O facto de me tratar por “tu” deveria indicar que me conhece bem, mas parece que não é o caso: não lhe agrado e não estou preocupado com isso (tendo em conta que o amigo Guedes é um sectário, ficaria preocupado se lhe agradasse). Ponha as coisas ao contrário: nem todos me agradam, mesmo que sejam benfiquistas. Eu é que escolho os meus gregos e os meus troianos e, assim, haverá sempre sol no Nabais.

        • António Fernando Nabais says:

          O amigo Guedes decerto alcançará o reino dos Céus, apenas acessível aos pobres de espírito.
          Se me trata por “tu” deveria conhecer-me melhor, mas parece que não: não lhe agrado e não estou preocupado com isso (tendo em conta o seu sectarismo, ficaria preocupado se lhe agradasse).
          Ponha a coisa ao contrário: nem todos me agradam, mesmo que sejam do meu clube. Eu é que escolho os meus gregos e os meus troianos. Quanto ao sol e à chuva, paciência.

        • António Fernando Nabais says:

          Peço desculpa pela duplicação da resposta. Pensei que a primeira não tinha sido publicada.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s