Mais um primeiro-ministro cábula e piegas


Pedro Passos Coelho foi dar uma aula e acusou os portugueses de serem piegas.

De caminho demonstrou uma profunda ignorância em coisas de senso comum, quanto mais de economia: pregar que a tolerância de ponto do Carnaval equivale a “dividir o PIB pelos dias de trabalho” além de ser de tolinho em geral é de tomar os outros por tolos em particular: o governo apenas pode mandar trabalhar a função pública (que não tem exactamente uma actividade produtiva), o privado rege-se por acordos de trabalho que na maior parte dos casos contemplam o dia como folga e nem vale a pena repetir que produtividade não significa trabalhar mais, mas sim produzir mais, coisa completamente diferente.

Ainda debitou uns disparates sobre a Grécia, logo quando se acaba de saber que a dívida pública cresceu durante o seu governo, e não foi pouco, e crescerá ainda mais, rumo à bancarrota final. Se ainda não percebeu porquê pode ler qualquer manual básico de História do séc XX, está lá tudo muito bem explicado.

Antes de dar aulas podia ter estudado a lição. Haja rigor, exigência de trabalho, imposição de sacrifício aos alunos, e temos mais um primeiro-ministro chumbado. O resto é pieguice.

Sobre João José Cardoso

Comments

  1. marai celeste ramos diz:

    Que tristeza quando os governados foram metidos num kindergarten sem querer e onde apenas existe um escorrega que os leva a cair num grande buracão onde caem e gritam e gritam e gritam e gritam para os tirar de lá, e até o ajudam a perceber como o há-de fazer, e há um tipo que se ri e se diverte sem perceber onde os meteu (ai se calhar percebeu mesmo) e insiste, e insiste e insiste em os deixar lá e bondosamente lhes pede paciência e, de repente, aparece uma figura de bébé de meses que cai de 26 metros e, como daqueles milagres que sempre acontece em certos lugares, se salva caindo em cima de um monte de “areia” e vai parar a cuidados intensivos, mas com os ossos todos partidos, e a vizinnhança, mesmo aflita, não faz nada, e comenta e comenta e comenta e olha os pig e nem chama pelos bombeiros, porque há sempre gente que adora parar e engarrafar o trânsito para ver o desastre, e fica pasmada pasmada pasmada pasmada, e passa o tempo o tempo, e depois fica-se assim sem se saber o fim da história, pois entretanto virou costas e desmobilizou-se e nunca se sabe quando vem o socorro e o que é que encontrou

  2. Caro Amigo:
    Já não tenho pachorra para discursos dos nossos coveiros….
    O problema fundamental do homem, neste novo século(Já vinha a definhar…) è o VAZIO.
    Muita gente ignora o que é e o que quer e, por vezes(muitas) não tem uma ideia nítida do que sente…
    Até amanhã! Até sempre!
    Júlia Príncipe

  3. quando os nossos representantes usam termos como pintelhos e piega tremo um pouco porque percebo que estamos tramados.

  4. Estamos é completamente tramados!

  5. observador (des)atento diz:

    “(…) governo apenas pode mandar trabalhar a função pública (que não tem exactamente uma actividade produtiva)”. Vive à custa dos outros.

  6. Ó Observador, escreve isso na testa (se a tens). Assim quando entrares numa urgência espero que sejas tratado com amor e carinho.

  7. João José Cardoso, na mouche.
    E que os recolhedores do lixo deixem a produção do Observador à porta!

  8. Zé Carioca diz:

    Eu entendi assim (LOL) : Primeiro-ministro responde a Cavaco – os portugueses que deixem de ser piegas!

  9. HERMAN SILVA diz:

    O observador devia ter ficado entalado no meio das pernas de sua Mãe quando nasceu, pois foi de certeza um funcionário público que o tirou do meio das pernas de sua Mãe e, nem lhe estroncou a cabeça nem nada, mas deve-se ter lambuzado com o trabalho do funcionário público, pois subiu-lhe a merda à cabeça!!!! Se o funcionário público o tivesse deixado a berrar talvez agora não desse uma de retardado mental!!! Já agora porque não comes o lixo que fazes em vez de o pores à porta para o funcionário público te limpar?!!!! Tu sim deves ser um mamão igual ao MIRA AMARAL e outros que vives à custa dos funcionários públicos e ainda escarras na sopa que comes!!!!! GANHA JUÍZO …..

  10. Acho que quando neste post é referido que …”a função pública (que não tem exactamente uma actividade produtiva)”… é num sentido um pouco diferente ao que estão a “atacar” o comentário do “Observador”! Até porque é um comentário um pouco vago…pois não podemos generalizar.
    Mas o certo é que só se ouvem queixas e mais queixas de quem vai ter que trabalhar no Carnaval, mas porquê??!!
    O nosso Pais não está em rota de colisão? O povo não está endividado até à inconsciência? As familias não estão “à rasca” para levarem comida às suas mesas?!!
    Os nossos jovens e idosos não estão a ser sabotados?!…Enfim, parece-me que mil e uma razões para haver mais produtividade e, uma tolerância de ponto para começo de semana, na minha opinião, é uma quebra imensa na restante semana de trabalho!!

    Em relação ao PM, nem tenho palavras para descrever tamanha falta de consideração pelo povo que supostamente deveria estar a defender!
    Mais do mesmo…

  11. MAGRIÇO diz:

    Se o sr. dos Passos tem assim tanta preocupação com a produtividade, tem uma solução simples: pôr a trabalhar as centenas de milhar de trabalhadores que a sua desastrosa política mantêm compulsivamente na ociosidade. Devia ter aprendido a fazer contas e a comportar-se com urbanidade, antes de se lançar em aventureirismos políticos para que não tem competência.

Trackbacks

  1. [...] Mais um primeiro-ministro cábula e piegas [...]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s