A repressão policial nos Governos PSD



Fiz este filme há uns meses, para o 5 Dias, mas neste momento faz todo o sentido voltar a publicá-lo.
É extraordinário como os Governos do PSD têm uma apetência especial pela violência e pela repressão policial. 3 Ministros da Administração Interna – Silveira Godinho, Dias Loureiro e Miguel Macedo – e a mesma matriz identitária, convertida num bastão. Parece ser a matriz do PSD.

Comments

  1. maria celeste ramos diz:

    não são os usa que aproveitam qualquer descontamento ou o provocam para justificar a guerra em qualquer parte do mundo ??? – parece inspirador

  2. Eu cá sou jornalista da مدرسة nº 53 nã me afinfem nos tintins diz:

    as cargas contra o pessoal da marinha grande em 83 era o PSD?

    bolas num sabia….de resto PS PSD…o alvaro só esteve no 1º governo logo

    o ceausescu era do PSD? aquilo até a cavalo fazia cargas e nem havia ninguém a protestar…

  3. Eu cá sou jornalista da مدرسة nº 53 nã me afinfem nos tintins diz:

    em 1923 o governo era PSD?

  4. Eu cá sou jornalista da مدرسة nº 53 nã me afinfem nos tintins diz:

    o factto é que mesmo aquela carga contra o sindicato da polícia

    e diga-se de passagem já houve maiss comunistas na poliça do que hoje…

    ou a brutalidade da dita cuja nã se deve ao PSD ou PS deve-se essencialmente a ninguém conseguir entender-se com os vizinhos

    que são sempre umas bestas

    e os restantes umas nobres pessoas quaté lhe atiram pétalas para as fuças…

  5. Eu cá sou jornalista da مدرسة nº 53 nã me afinfem nos tintins diz:

    ex-líder da UGT, que recorda os Primeiros de Maio da época como momentos de grande constestação social. O de 1982 tinha sido mesmo marcado, no Porto, pela morte de duas pessoas, resultante de confrontos entre a polícia e manifestantes da CGTP

    fevereiro de 82 dia da greve geral até nos putos afinfaram parecia um dia de futrebol…

  6. Eu cá sou jornalista da مدرسة nº 53 nã me afinfem nos tintins diz:

    acho que em 1982 a culpa foi do Carneiro né….

  7. MAGRIÇO diz:

    Quer fosse no tempo de Salazar, de Sá Carneiro, de Cavaco ou de qualquer outro, a violência policial gratuita e indiscriminada é sempre de condenar. Tenho muita dificuldade em compreender como alguém que se diz jornalista faz tanta pirueta para “lavar” a imagem de um partido político e não mostra a mínima solidariedade com os seus semelhantes. O seu 4º comentário então é bem elucidativo da sua formação cívica: segue o princípio de que “todos os animais são iguais, mas uns são mais iguais que os outros”. Nada mais triste do que a ignorância da própria ignorância.

  8. Imbecilidade de post. A última coisa que interessava ao governo era haver imagens de confusão quando passa a vida a explicar lá para fora que isto não é a Grécia. Talvez deva encontrar outros culpados, se calhar em governos PSD é que há uns artistas da extrema esquerda mais provocadores.

Trackbacks

  1. [...] no Chiado, sendo que até o elementar direito à expressão passou a ser proibido. Miguel Macedo, na linha de Silveira Godinho e de Dias Loureiro, merece resposta à altura. Que o Chiado se torne o alvo de todas as reivindicações e que aí [...]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s