O Frágil Som do Meu Motor

Estreia de filme português. Amanhã.

Em Lisboa (Amoreiras, Alvaláxia), Grande Porto (Norte Shopping, Gaia Shopping), Faro, Coimbra, Oeiras, Almada.

Para saber mais, podem consultar a página do facebook. Escrito e realizado por Leonardo António. A banda sonora é de Rodrigo Leão. Como tantos objectos artísticos, em Portugal, tornou-se possível contra muitos obstáculos e graças à persistência e à boa e muita vontade de muitos.

As dúvidas existenciais de um ser humano começam dentro do útero.
“Será que irei nascer e conhecer a minha mãe?”
A história é contada na primeira pessoa por um bebé ainda por nascer.
Como um Tango, atemporal e implacável, O Frágil Som do Meu Motor marca o ritmo das personagens no seu melhor… e no seu pior!

Esquece tudo o que te disse

 

De António Ferreira

Página Oficial - Ficha IMDB

Veja o filme integral no Vímeo

António Ferreira – Respirar debaixo de água

Coimbra filmada por quem a sabe, provavelmente pela primeira vez sem um único plano-postalinho com torre ao fundo. Aliás Coimbra sem universidade, só nós, os coimbrinhas, e como a gostamos. [Read more…]

Hoje dá na net: Cinema Português

Filme projectado em São Bento no protesto pela defesa da Nova Lei do Cinema. Montagem de alguns dos melhores planos do cinema português. Pode ferir a susceptibilidade da direita inculta: tem cenas eventualmente subsidiadas.

Mais um prémio para um filme português

Agora, quando não existe sequer política cultural, os filmes portugueses desataram a ganhar prémios internacionais.

Estes filmes resultam obviamente do algum (parco) investimento que se fez no cinema português incluindo, naturalmente, o investimento público.

Há uns anos conheci, num país africano, um fotógrafo italiano que era fã incondicional de Pedro Costa. De Portugal sabia pouco, mas conhecia os filmes todos do realizador e o seu próximo projecto seria vir conhecer o país onde aquelas histórias tinham sido rodadas.

Os filmes portugueses têm hoje uma circulação internacional invejável, especialmente se considerado  o seu custo e os meios envolvidos, funcionando autonomamente como embaixadores do país. Por outro lado, e apesar do seu baixo orçamento, alimentam uma  quantidade considerável de emprego especializado e criativo. [Read more…]