Leiam livros, são mais leves

Consta que duzentas mil crianças ficaram feridas com quedas de televisores, nos últimos 20 anos, nos Estados Unidos.

Porta dos Fundos 3

inclui:

uma foda, o cu não é de vocês

Luís Filipe Vieira foi reeleito

Os sócios do Sport Lisboa e Benfica votaram e fizeram destas eleições as mais participadas de sempre num clube português – 22676 sócios expressaram, democraticamente, a sua vontade.

Luís Filipe Vieira, candidato da Lista A, foi eleito para Presidente do Sport Lisboa e Benfica com uma percentagem de 83,02.

A questão central do próximo mandato apareceu em cena nos últimos dias: os jogos em casa da Liga Portuguesa serão transmitidos pela BENFICA TV, ficando a Olivedesportos de fora do universo benfiquista.

Esta empresa tem tido um papel central no desporto português dos últimos 20 anos e estou curioso para perceber o que vai significar esta decisão do BENFICA, ainda que tenha algumas dúvidas sobre a capacidade do clube em fugir à ditadura de Joaquim Oliveira.

Quanto à demagogia do 3-1-50, nem vale a pena comentar…

Sem notícias

Mais uma ideia maluca, à Céu Mota. E se, de um dia para o outro, optar por não ouvir, ler ou querer saber o que se passa no meu país e no mundo? Não comprar o jornal, mudar de emissora de rádio quando viajo de carro, não ver as notícias na TV, etc.?

Nas férias não é difícil, mas prolongar essa escolha para o resto do ano?

Será alienação? Indiferença? Como será viver sem tanta informação?

Por todos os lados ela nos chega. Tanta, que ficamos imobilizados… sem saber para onde nos virar, sem conseguir filtrar e assimilar. Ficamos loucos. Não agimos.

Provavelmente, escreveria menos no Aventar…

Não há como experimentar!

A minha tv não tem comentadores assim

Pelo menos nos canais abertos. Deve ser avaria. Tenho o Medina Carreira, e aqueles rapazes todos garantindo que vivemos acima das nossas possibilidades, Não concordo com tudo  o que Gerald Celente diz, mas pelo menos não repete o discurso ideológico dos nossos comentadores habituais disfarçados de especialistas em economia, esse novo eufemismo para vendedor de banha da cobra, a que estica mas não dobra, e na austeridade curará todos os males do mundo. Amen.

Educação – rir para não chorar…

A SIC num momento fantástico… da Srª. Ministra da Educação

http://sic.sapo.pt/online/flash/playerSIC2009.swf?urlvideo=http://videos.sapo.pt/Q2GbO1oLAv2qi9ACa50t/mov/1&Link=http://sic.sapo.pt/online/video/informacao/noticias-pais/2010/9/ministra-da-educacao-gravou-mensagem-de-boas-vindas-ao-novo-ano-lectivo15-09-2010-0505.htm&ztag=/sicembed/info/&hash=FF3C1208-4291-4FCC-8A32-9B9AB0E99B57&embed=true&autoplay=false

O Glorioso a cores

O Benfica tem um canal televisivo que não pode transmitir as imagens de jogos de futebol nacionais. Mas isso, numa actividade em que as imagens são o negócio, não é suficiente para travar a imaginação da águia!

Os jogos são relatados!

Dois repórteres a cores, gritam e gesticulam, apalpam os “pendentes”, limpam o nariz com as costas da mão, não acreditam que alguém os esteja a ver mas nada disso impede que o “ferrenho” esteja na sua casa, no seu canal…

Noutros canais o jogo está a dar em directo e a cores, com imagens, mas porra, é preciso aumentar as audiências no que é nosso, e aqui não ouvimos nem vemos os roubos dos árbitros, temos sempre razão, o campo está inclinado a nosso favor, e mesmo na derrota não perdemos…

Isto sim, é serviço público e isento!

As tardes da tia Júlia

O título é apenas um pretexto para vos dizer que vou em negócios a Angola em Fevereiro. Mas tive que ir a um hospital levar umas “picas” e, enquanto esperava, fui vendo a TVI, mesmo que não quizesse não havia mais nada para fazer e, além disso, quem é que aguenta os gritos estridentes da Júlia?

A Júlia arranja sempre uns ” indigentes mentais” que vão para ali contar histórias de fazer chorar a calçada, ter os seus quinze minutos de fama. Mas eu tenho pena das pessoas, a maioria são umas pobres, vão para ali fazer o programa a quem ganha muito com isso, sem perceber que estão a ser usadas.

Mas tambem aparecem umas “tias” a contar umas histórias de grandes amores e desamores, hoje era uma ao telefone a contar que tinha morrido com uma grande paixão, por amor, dizia ela, enquanto a estridente Júlia enchia o ambiente com os seus risos e ditos sem nexo, entre o gozo e o divertido.

Fui chamado para a “pica” contra a “amarela” o que me deixou da mesma cor , amarelo “Pombalino”, que é uma cor que faz rir muito as senhoras enfermeiras, enquanto me mandam tirar a camisa para me darem uma injeção no braço, ainda hei-de perceber como é que o meu braço chega à barriga e aos “rinholes”…

Bem, enquanto esperava pelo certificado que atesta que estou protegido da “amarela”, comecei a pensar como é que um gajo se protege de uma televisão que usa as pessoas e as põe a fazer de imbecil. Uma forma é ir para Angola, outra ir para o ” campo com lobos” sem luz e outra é desligar o televisor, que é o que eu faço. Mas isso não faz desaparecer a verdadeira questão que é haver quem se utilize da “candura” de outros e outras.

Em programas televisivos norte-americanos já vi bem pior, com os dólares a acenar, jovens e gente adulta a fazer declarações sobre a sua vida privada que me deixa estarrecido!

Por acaso eu aprendi depressa, quando cheguei ao local da reportagem é que descobri que tinha o bairro todo contra mim, eu era o gajo que atirava com o fumo da chaminé do hospital para cima da roupa a secar às janelas e nas varandas e, segundo a “tia” de serviço, bastava haver boa vontade da minha parte.

Enfim, fiz figura de besta e imbecil tudo no mesmo programa!

PS: podem começar a fazer sugestões sobre “souvenires” a trazer de Angola. Nada de diamantes nem petróleo e muito menos uma jibóia juvenil…