O Bloco, o PS e o casamento «gay»

Hoje, no Jugular, o deputado do PS Miguel Vale e Almeida faz aquilo que parece ser uma ameaça ao seu Grupo Parlamentar e ao Governo: ou se aprova o casamento entre pessoas do mesmo sexo, se possível ainda em 2010, ou vai haver problemas. «Temos muitos caldos entornados» é a expressão utilizada.

Nem de propósito, no editorial do «JN» de hoje, José Leite Pereira diz que Jaime Gama é o Presidente da Assembeia ideal, porque vai conseguir promover consensos e afastar da agenda temas que podem provocar clivagens e fracturas num Parlamento dividido. Para quem não tenha percebido, diz mais à frente que é um bocado despropositado o agendamento do casamento «gay» por parte do Bloco de Esquerda, quando havia temas bem mais sérios para discutir, como a Regionalização.

Resta saber o que fará o PS quando a proposta for votada no Hemiciclo. Miguel Vale de Almeida, como é óbvio, votará a favor. E os restantes deputados?

 

 

Comments


  1. Deveriam votar em consciencia e não por ordem do partido.

Deixar uma resposta