A luta continua

Ao contrário de alguns ecologistas armados em santos, não me faz confusão nenhuma ver os "homens da luta" a interagir com a classe política. Não estou a dizer que gosto, ou que é o meu tipo de humor preferido, porque não é, mas ao menos é com os "homens da luta" que nos é revelado as verdadeiras reacções dos políticos quando confrontados comeste tipo de humor. Sim, porque com o Gato Fedorento havia ensaios e gravações. Com o Jel e com o irmão não há cá disso.