O meu filho sai ao pai

Um dia o meu filho chegou aqui a casa e diz-me, é pá, levas-me amanhã ao aeroporto? Vou de férias para a Sicilia, com a Crischa. Eu nem sabia quem era a Crisha, mas como desde os dezassete anos que andava de comboio por essa Europa fora com amigos e amigas calculei que fosse uma namorada.
Passados quatro dias, como não obtinha “feed back” (estou muito liberal…) telefonei e diz o gajo, todo lampeiro: estamos bem e casados!
Quer dizer o jovem não está de modas casou-se numa pequena aldeia na pequena ilha, branca, cheia de sol e junto ao mar. E eu sem perceber nada apesar do gajo me ter pedido um casaco escuro, e uns sapatos pretos para as ocasiões “finas”.
Bem, hoje, veio cá jantar com a mulher para me ensinar a fazer “links” e mal me sento, digo-lhes com ar de “pater famílias” estilo Ricardo com a manta pelos joelhos, vão hoje ao Aventar que a Carla escreveu um texto muito importante sobre a felicidade, que vale a pena ler e matutar no que ela diz, e o Hugo Luis não está com modas, diz-me logo é, pá, ainda bem que falas em felicidade porque acabamos de saber que a Crisha está grávida, vais ser avô!
Já marquei consulta para o médico, já para amanhã e ando aqui ás voltas com uma suspeita. Os textos da Carla e do Ricardo estão “feitos” com a Crisha? Estavam a preparar-me?

Comments

  1. carla romualdo says:

    Apanhaste-nos! Parabéns, vovô!


  2. Ena, parabéns.

  3. Fernando Moreira de Sá says:

    Que naco de prosa fantástico, eheheheh.
    Parabéns avozinho, eheeheheheh.
    Só espero que o novo rebento seja portista e ferrenho, eheheheh.

    Nota: a primeira boca ligando Sicília ao FCP e juro que o espanco!

  4. Carlos Loures says:

    Vais mesmo ser avô ou quiseste escrever um post giro? Parabéns. È uma experiência única.

  5. Luis Moreira says:

    Vou ser avô,Carlos, e vou ser um avô tão bom como tu és para os teus netos. Juro que vou fazer bem!
    A Carla, é um doce.Como é que ela adivinhou que esta notícia, precisava de um texto daquela beleza? Ele há coisas…

  6. Luis Moreira says:

    Fernando, nunca, afinal o meu neto ou neta tem raízes na Sicilia..

  7. Carlos Loures says:

    Claro que vais ser um bom avô, Luís. Aliás, a profissão de avõ é das mais fáceis – os netos ensinam-nos tudo. É uma reciclagem.

  8. Fernando Moreira de Sá says:

    heheheheheheheheheheh.

    Olha, agora falando a sério: por acaso ando a pensar visitar a Sicília nas férias de verão! É só coincidências!

  9. Luis Moreira says:

    É pá, é só dizeres, o povo da aldeia é que foi o padrinho dos noivos.É tudo da família, são todos meus compadres…vou saber o nome da aldeia.

  10. maria monteiro says:

    Parabéns avozinho Luís. A felicidade é isso, não é nada complicada é estar na vida também para os outros e pelos outros

    • Ricardo Santos Pinto says:

      Ó Maria, o seu filho ainda está em viagem? Veja lá se também já é avó e ainda não sabe. 🙂

  11. Luis Moreira says:

    Obrigado,Maria ! Tenho que tomar um chá de camomila, tal qual o todo poderoso Ricardo!

  12. maria monteiro says:

    deixa lá o chá de camomila… vais começar a olhar para bebés, parar em frente de lojas com roupinhas lindas de morrer, vais até ao parque infantil… vais sendo avô ainda sem poderes pegar no teu neto(a)… anda com um caderninho e anota todas essas sensações agora tão novas para ti.

  13. Luis Moreira says:

    Mas o melhor que posso fazer por ele é manter-me jovem e saudável, feliz e aventador…

  14. pedro says:

    Parabéns, Luís. Que seja só o primeiro…

  15. Xico says:

    Muitos parabéns. Nem sabe a sorte que tem. Nos dias que correm é um sorte conseguir ser avô.

  16. maria monteiro says:

    É só nas férias da Páscoa que eles vão de viagem… por enquanto espero continuar a ser avó mas dos netos dos colegas e amigos. : )
    Então Ricardo como é que vão as suas crianças?

    • Ricardo Santos Pinto says:

      Para já é só uma, Maria. A outra, ou o outro, vem a caminho. Está mellhor do que nós, no quentinho da mãe.

  17. Luis Moreira says:

    Ricardo, eu é que estou velhote? Um dia destes a tua miúda, luz dos teus olhos, está casadoira. Tens aqui um ombro para chorar…

  18. Adão Cruz says:

    Amigo Luis, eu sou o último a dar-te os parabéns, o que não significa que o facto seja para mim desinteressante. Duas coisas fabulosas no meu entendimento: uma é o teu filho dizer-te com a naturalidade que faz da vida verdade e não folclore “estamos (simplesmente) casados”. Outra é o teu filho confidenciar-te com a verdade que faz a naturalidade da vida, “vais ser avô”. Em post scriptum, queria dizer-te que é uma maravilha e que estou pronto para te dar as lições que entenderes, já que, como avô, assumo o que já assumi com os filhos: fazer tudo, mas mesmo tudo, desde a papa, ao passeio pela rua e à muda das fraldas. Um grande abraço


  19. Meu caro amigo,

    Cá em casa ficamos muito felizes por ti, e, claro, pelo teu filho e pela Crisha.
    Fica-te bem o seres avô.
    Um forte abraço meu e da Pat

  20. Luis Moreira says:

    Obrigado.Vou ensinar ao neto(a) o mesmo que ensinei ao Hugo Luis.É pá, bom,bom, é ter amigos. O meu pai dizia-me de maneira mais indirecta, mas o mesmo: “quem tem amigos não morre na prisão”.
    É isso que os aventadores são para mim.Amigos!

Responder a Adão Cruz Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.