Não querem é trabalhar, eles

Li há uns tempos que a turma do professor de Sintra que se suicidou está a ter acompanhamento psicológico, porque, ai Jesus, não queremos os meninos traumatizados. Sim, podem ser uns vândalos, mal-educados, podiam fazer tudo e mais umas botas ao professor, mas agora que este se suicidou precisam de acompanhamento psicológico. Realmente, não sei o que deu ao professor para se matar, será que esta gente não pensa nos alunos? Eles não querem é trabalhar.

Comments


  1. Um texto muito bem conseguido.

  2. graça dias says:

    daniela as coisas nao sao asssim tao simples. ainda lhe falta muitos conhecimentos e a experiencia da vida.

  3. Daniela Major says:

    Sra. Graça, vamos ver uma coisa. Esta posição que eu aqui assumo é reiterada pela pessoa que escreveu o artigo no PUBLICO da semana passada. Sinceramente, agora não me recordo o nome mas posso dizer-lhe que o senhor em questão é bastante mais velho que eu.

    Depois, não me incomoda absolutamente nada que as pessoas discordem das minhas posições. Como pode sem dúvida ver pelos outros posts o AVENTAR é um blogue em que figuram várias opiniões e pontos de vista. Eu nem sempre concordo e por vezes expresso essa minha discordância. Se o quiser fazer então eu acho óptimo.

    Contudo, parece-me sinceramente irrelevante e até um pouco despropositado o tom condescendente com que comenta os meus posts. Já percebi que acha que eu sou uma miúda que como tem 17 anos não tem direito a ter opinião ou se tem, elas não são válidas porque me falta experiência de vida.

    Enfim, se eu se calhar tivesse omitido a idade já não havia destes problemas. Mas honestamente, poupe-se a estes comentários que não acrescentam absolutamente nada á discussão.

  4. graça dias says:

    daniela resposta muito bem elaborada e trabalhada. claro.
    daniela uma coisa aprenda a aceitar a opiniao dos outros.
    Da discusssão nasce a luz

  5. Luis Moreira says:

    Daniela, vamos somar as nossas idades e dividir por dois. Ficas com uma credibilidade que ninguem contesta, passas a ser o que és. Uma pessoa com uma enorme capacidade para escrever.

  6. maria monteiro says:

    não é a idade que define a experiência de vida das pessoas mas o que elas fazem, fizeram, por que situações passam, passaram…
    Ps. a outra menina dos meninos do futebol francês também só tinha 17anos e já era uma “profissional de luxo”

  7. Ricardo Santos Pinto says:

    Tens toda a razão, Daniela. Levaram o professor à morte e agora eles é que são os coitadinhos.
    Assinado: Pessoa com 39 anos.

  8. joão Nunes says:

    Apoiado, Daniela. No meu tempo, ia-se para tropa com dezoito anos. Defender o solo Pátrio. Muitos já eram pais, e trabalhavam desde os onze anos.
    Ter-se 17 anos, pode ser tão mau ou tão bom como ter 60, ou mais , ou menos.
    Não quer dizer nada.
    Continua porque já sabes, se aos 17 anos já te protegemos, fá-lo-emos sempre.
    Vivam os representantes de uma juventude viva, aos 17 ou aos 60!

Trackbacks


  1. […] This post was mentioned on Twitter by Blogue Aventar. Blogue Aventar said: Não querem é trabalhar, eles: Li há uns tempos que a turma do professor de Sintra que se suicidou está a ter acomp… http://bit.ly/d36ER4 […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.