"Primeiro Intercidades Sem Comboio"

A antiga estação de Viseu. Foto retirada do grupo do Facebook de apoio (clique).

Deitou-me ao chão. Fui agora mesmo derrubado – a prosa poética de Fernando Ruas, edil de Viseu desde tempos imemoriais, prepara-se para bater mais um recorde (e, desta vez, não é o de dirigir a maior cidade europeia sem caminho-de-ferro).

Desta feita, Ruas vai mesmo é fazer “fazer o primeiro intercidades sem comboio”.  Tal vindo do homem que, na qualidade de autarca, deu uma mãozinha na demolição da antiga estação de Viseu, a dois passos do centro histórico, é de mestre. O mesmo Ruas exige mesmo o comboio na cidade e o povo (tendecialmente amnésico ou apenas estúpido) acredita e não pede contas. Todos se esqueceram que ao Cavaquistão se chegava por duas vias férreas (Dão e Vouga). Pornografia é….fazer um Intercidades sem comboio…

Comments


  1. “Já está a ser construída aquilo que no final dos trabalhos será a maior ecopista do país, com cerca de 50 km., ligando os concelhos de Viseu, Tondela e de Santa Comba Dão… Os trabalhos vão custar mais de cinco milhões de euros.”

    Fantástico!… Grande Fernando Ruas!… Dar assim cabo de 5 milhões de euros!… Ainda ali vamos assistir ao renascimento dos antigos tempos da China – aquilo cheínho de bicicletas, resmas de ciclistas, um tráfego intenso de 50 km de ciclistas entre Viseu e Santa Comba Dão! De passeio ou pró trabalho, todos de bicicleta!…
    Ah… se Salazar ainda fosse vivo, ele próprio haveria de ficar feliz por ver a sua terra a abarrotar de gente feliz em cima de bicicletas… vindas de Viseu, de passeio ou pró trabalho!…

    Que maravilhoso “mundo novo”, com autarcas inteligentes como este!…

  2. Joana says:

    Intercidades sem comboio é lindo…

Responder a Milan Kem-Dera Cancelar resposta