Uma história da 2ª Guerra Mundial em Banda Desenhada

Passou recentemente na rtp2 o documentário Apocalipse, a 2ª Guerra Mundial, um documentário surpreendente pela qualidade das imagens que incluía. Esse documentário e o 70º aniversário da abertura de Auschwitz levou-me a reler um dos clássicos das novelas gráficas que é o Maus de Art Spiegelman.



Escrito entre 1986 e 1991, Maus é um retrato pessoal de uma família que atravessou todo esse período da 2ª Guerra Mundial, desde os dias antes da guerra até à libertação.
Escrito a partir das memórias do pai do autor este livro tornou-se um caso de sucesso a nível de vendas, o que não deixa de ser surpreendente quando o enquadramos na classificação redutora do mundo dos livros aos quadradinhos e valeu inclusive um Pulitzer Prize Special Award ao autor.

A particularidade dos personagens serem retratados como animais (os judeus como ratos, os alemães como gatos) mais do que servir para de alguma forma dissimular o que se passou, evoca uma espécie perseguição entre gato e rato que retrata bem o que foi a vida de muitos judeus durante essa “experiência” tenebrosa que foi a shoa.

Leitura Obrigatória.

Trackbacks

  1. […] Leitura Obrigatória. (também publicado no Aventar) […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.