No Inferno



Eu sinceramente há coisas que me irritam na blogosfera. Uma delas tem a ver com o Processo Casa Pia. Diverte-me os estrategemas que muitos bloggers utilizam para não falar do desfecho do Processo. Por isso, arranjam desculpas. “Ah porque a comunicação social é isto…”, “Ah porque o povo estava a ver o circo a arder..”, “Ah porque isto foi julgado na praça pública…” “Ah porque a Catalina (que aparentemente andou metida no PCP ou coisa que o valha) é isto e aquilo…” “Ah porque viram a reacção do Namora…”. ou ainda “ah, porque o Carlos Cruz é tão bonzinho…”. Meus amigos, hoje posso dizer-vos: Vão para a puta que vos pariu, pode ser? Uma pessoa decente percebe duas coisas: que sim o Processo foi um circo mediático mas que isso não invalida o facto de que aquelas 6 pessoas são culpadas dos crimes de que foram acusados e que e são pedófilos. Eu quero lá saber se eles tinham sido julgados antes na praça pública, pensam que isso acontece só aqui? Eu antes não sabia, não me pronunciava. Agora, foi provado, depois de um julgamento, depois de ouvidas as testemunhas, depois de examinadas as provas, um colectivo de juízes deu aqueles seis homens como culpados, conferiu o estatuto de vítima ás antigas alegadas vítimas e chamou os pedófilos de pedófilos.

O Processo Casa Pia não chegou ao fim. Ainda há os recursos e vários elementos que vão ser arrastados na Justiça Portuguesa até que o caso prescreva. Mas para as vítimas não me parece que seja a condenação que interesse. Sofrer já eles sofrem. O que interessa é que acabou e que os crimes foram, de facto, provados. Isto é o que interessa. Não se percam com coisas secundárias (tanto que mete nojo) que no fundo não interessam para o cerne da questão: houve um grupo de menores de uma Instituição Portuguesa que foram repetidamente abusados sexualmente. Anos depois, houve denúncias desses crimes. Hoje, esses crimes foram provados. Ponto final.

Comments

  1. Exemplar texto Daniela. E nada mais.

  2. graça dias says:

    como em todos os processos há recursos. salvo algumas excpc
    Lei, é lei

  3. brito says:

    Jose maria martis acusa em directo na TVi e diz que Ferro rodrigues, Jaima gama e paulo pedroso também deviam ter ido ajulgamente visto que foram acusados dos mesmos crimes que os outros arguidois, só não o foram porque o ps e amaçonaria protejeram os seus homens, e alteraram as leis penais em 2007 para afzer com que as acusações contra estes senhores prescrevessem.

    vejam aui a entrevista em directo

    http://diario.iol.pt/sociedade/jose-maria-martins-ps-bibi-ultimas-tvi24-casa-pia/1189457-4071.html

    Os socialistas iberistas traidores foram completamente desmascardos.

    Somos governados por pedófilos alinhados com espanha.

    O estado de direito ruiu em portugal, não se admite que o presidente da assembleia da republica, 2 figura do estado saia de um processo destes impunemente.

    O poder em portugal esta prestes a cair na rua.

    o jose maria martins é um homem com muita coragem, ao denunciar este corja toda.

    Um bem haja doutor, era de 1 primeio ministro como ele, alguem patriota, ke portugal precisava não destes partidos ke não defendem em nada os interesses do pais.

    os socialistas estão todos alinhados com o ideário iberista, os traidores.

    O psd vai pelo mesmo caminho, com meneses á cabeça e a facção regionalista do porto.

  4. In “The Grand Design” Stephen Hawking postulates that the M-theory may be the Holy Grail of physics…the Grand Unified Theory which Einstein had tried to formulate and later abandoned. It expands on quantum mechanics and string theories.

    In my e-book on comparative mysticism is a quote by Albert Einstein: “…most beautiful and profound emotion we can experience is the sensation of the mystical. It is the sower of all true science. To know that what is impenetrable to us really exists, manifesting itself as the highest wisdom and most radiant beauty – which our dull faculties can comprehend only in their primitive form – this knowledge, this feeling, is at the center of all religion.”

    Einstein’s Special Theory of Relativity is probably the best known scientific equation. I revised it to help better understand the relationship between divine Essence (Spirit), matter (mass/energy: visible/dark) and consciousness (fx raised to its greatest power). Unlike the speed of light, which is a constant, there are no exact measurements for consciousness. In this hypothetical formula, basic consciousness may be of insects, to the second power of animals and to the third power the rational mind of humans. The fourth power is suprarational consciousness of mystics, when they intuit the divine essence in perceived matter. This was a convenient analogy, but there cannot be a divine formula.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s