Incompetência criminosa

O orçamento que agora foi apresentado, aumenta as taxas e a incidência fiscal para além dos limites razoáveis, isto é:

1) ultrapassa a capacidade de pagamento de impostos dos Portugueses e das empresas Portuguesas;

2) deixa de haver margem para qualquer aumento de impostos de emergência;

3) lança o País numa inevitável recessão.

Assim, o objectivo pretendido, o aumento da receita do Estado para diminuição do deficit, não será, obviamente, alcançado. A Economia Portuguesa entrará em estado de coma, e as receitas fiscais serão menores em 2011 do que foram em 2010.

Comments

  1. Nuno Castelo-Branco says:

    Este cartoon do Antero (http://www.aventar.eu/2010/10/15/engenharia-financeira/), resume bem aquilo que se tem passado.

Responder a Nuno Castelo-Branco Cancelar resposta