FMI prevê a falência de Portugal

As notícias para Portugal não poderiam ser mais negativas e preocupantes. O ‘Económico’, por exemplo, apresenta o seguinte título:

FMI aponta falência “quase certa” de Portugal

Económico  
05/11/10 09:21

Reconhece o FMI que Portugal está ser empurrado para o abismo pelos mercados – sempre os tais mercados – onde operam investidores e especuladores. No caso concreto, não consigo descortinar o que distingue os primeiros dos segundos. Os resultados para o país, vindo de uns ou de outros, não são exactamente os mesmos? Ou seja: os juros da dívida pública a subir em flecha, atingindo 6,715% ao princípio desta manhã.

O FMI até reconhece que as medidas introduzidas no orçamento são significativas, dando a ideia de ser incoerente a reacção dos mercados. Eu tenho opinião diferente: a incoerência é da União Europeia e do BCE, sob a batuta da Sra. Merkel e do Sr. Sarkozi, que impedem a intervenção directa do banco central do ‘euro’ no auxílio à dívida pública de países em dificuldade. Mas também há responsabilidades do FMI que, não agindo, é cúmplice da espúria intervenção dos tais investidores. Ao invés, encoraja. Sim encoraja, porque sabendo da inevitabilidade de  Portugal ter de recorrer ao ‘Fundo de Emergência Europeu’ e ao FMI, os tais investidores e especuladores estão certos de ser reembolsados com o benefício de juros elevados. É a conhecida prática da agiotagem.

Por tudo isto e toda a série de desgraças que por aí vêm, aproveito para expressar cínicos, sinceramente cínicos, agradecimentos, em particular, ao Prof. Cavaco Silva, ao Eng.º António Guterres, ao Dr. Durão Barroso e ao Engenheiro Técnico José Sócrates. O processo da degradação da situação económica e financeira de Portugal desenvolveu-se ao longo de quase 4 décadas. Obrigado, pois, pelas obras de fachada: CCB, Expo98, Mercados Abastecedores, 10 Estádios de Futebol, cerca de 3.000 km de auto-estradas e por aí fora. Obrigado por tudo isto e ainda pelo enriquecimento de ex-governantes: Armando Vara, Jorge Coelho, Dias Loureiro, Arlindo de Carvalho, Oliveira e Costa, Mira Amaral e não sei quantos mais. Obrigado por toda esta trampa. O povo, o bom povo por vós amestrado, já começou a pagar a conta da vossa irresponsabilidade e incompetência. Que se vai agravar. Mas esse bom povo também tem que vos repudiar, em vez de eleger.    

Comments


  1. Os patriotas supracitados, deveriam responder em hasta pública por crimes de corrupção e gestão danosa…e já agora inlcua sff o Dr. Mário Soares nessa sua lista, a ele devemos boa parte da nossa falência…


  2. Já agora, não esquecer um dos principais culpados: -aquele miserável incompetente que foi governador do Banco de Portugal e que agora, em vez de andar a ser arrastado pelo chão das ruas deste país, está feito pavão na chefia do BCE – o execrável Vitor Constâncio.

  3. carlos says:

    a culpa disto tudo foi o Afonso Henriques, que nos desligou de Espanha, mandou bater na mãe aquele bandalho.

    seria mos uma das províncias de Espanha que melhor estaríamos e não pagávamos portagens

  4. carlos fonseca says:

    Caros Gastão e Milan,
    Como o texto evidencia, não enunciei exaustivamente todos os culpados. Mas não tenho a mínima repugnância em incorporar Mário Soares e os seus protegidos, assim como Vítor Constâncio.
    Caro homónimo Carlos,
    Também não exageremos na amplitude do tempo de análise, porque a recuar, recuar, recuar, ainda vamos para ao casal Adão e Eva. Trinta e tal anos já chegam para nos dar volta à cabeça.

Responder a carlos Cancelar resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.