Uma das razões pelas quais a RTP deve ser privatizada

Em que medida é que o baptizado do filho do Cristiano Ronaldo é serviço público?

Comments


  1. Na medida em que o Cristiano Ronaldo é um exemplo ÍMPAR para os Jovens Y Crianças Portuguesas! Muitas terão a Oportunidade de contrapor o exemplo de Cristiano Ronaldo – que é de EXCELÊNCIA – em muitas facetas face a Mesquinhez, Mediocridade, má Formação dos seus Próximos. Não. Não se tocam, estes Portugueses que gratuitamente insistem em achincalhar quem já deu mostrar muitas vezes Y em diversas circunstâncias que está acima.
    O Cristiano é um Bom Exemplo para as crianças Y Jovens Portugueses. Se há mal não é dele. É desta sociedade pequenina Y de vistas curtas.

    PS.: Pena que as crianças Y Jovens Portugueses estejam sujeitos a comentários de Adultos muito aquém do Cristiano Ronaldo em Valia Y mérito a opinarem sobre ele.

  2. Rodrigo Costa says:

    Eu seria, naturalmente, o último a criticar o Ronaldo, por causa disto. Ele é o que é, do mesmo modo que o Pais não pode ser outra coisa. É um espectáculo!…

    Nota: citar apenas o Ronaldo também acho injusto. O País está cheio de “Ronaldos”, e ele é o único que paga as favas.

  3. Daniela Major says:

    Meus caros… por muito mais que eu goste de o fazer, este post não é uma crítica ao Cristiano Ronaldo.


  4. em que medida aquele programa que dá na SIC e que paga as dividas às pessoas é um bom serviço de televisão?

    Pergunta seguinte:

    sabia que se a RTP for privatizada quem a compra lava a estação televisiva limpa e o passivo fica para o Estado?

    Já agora:
    Privatizar em que modelo?
    A rádio que está ligada e no mesmo edifício, vai junto?
    O gigantesco arquivo da RTP também vai?

    Aguardo pelo dia em que alguém explique como se deve privatizar e o que ganha o Estado com isso.

  5. Lawrence says:

    Privatiza-se, e o Estado fica com as dívidas que, se não privatizar as tem na mesma.
    A grande diferença é que deixa de ter mais prejuízos, que não são poucos, e que se notam se divididos pelos cidadãos pagantes deste país.
    Se se achar por bem, que vá a rádio também!
    O arquivo terá sempre que ser acessível a outros operadores como tem sido até agora!
    O Estado (nós!) ficará a ganhar o que deixar de perder!
    E que se façam leis que realmente controlem (democráticamente falando) as rádios e televisões deste país!


  6. Em medida nenhuma!!! É bem claro que não se trata de uma critica ao jogador de futebol… Claro também, que, alguns ficam eriçados quando se critica indivíduos que pertencem ao núcleo do futebol. Núcleo esse, privilegiado e corrupto que, indirectamente procedem de forma leviana e jocosa com milhares de outros indivíduos. Não lhes basta os milhares de euros que ganham absurdamente. Mas enfim, eles existem, e persistem, porque as pessoas gostam de viver na miséria e na ignorância.
    Uma das provas esta exactamente aqui: “Em que medida é que o baptizado do filho do Cristiano Ronaldo é serviço público?”
    Não é e nunca será. A não ser, infelizmente, para a maioria… Mas esses vivem na ignorância. Por isso temos o mundo que temos.


  7. É serviço publico porque a Madrinha vai ser a Floribella!

  8. Rodrigo Costa says:

    Vou ser mais explícito, porque não compreenderam a ironia.

    O Ronaldo é o que é, porque é o que fizeram dele, um produto de marketing..
    Já toda a gente percebeu que não aguenta uma conversa de jeito que dure 5 minutos, mas que vive num mundo —no único, ao que parece— em que não são perspectivados cortes salariais e ou perda de outras regalias.

    E já agora, se estiverem atentos, os responsáveis pelos programas televisivos não são muito menos bimbos do que ele, embora possam falar melhor.

  9. jorge fliscorno says:

    Outra questão é: porque é que tem que existir uma televisão pública para haver serviço público de televisão.


  10. Outra questão é saber o que é realmente o serviço público, sobretudo como tem sido posto em prática ultimamente, que mais não é que mostrar-se como a “voz do dono”

  11. Fernando says:

    Do que eu mais gosto do Ronaldo, Mourinho ou mesmo do futebol nacional, e’ da Ana Moura.
    Como já alguém aqui escreveu, o Cristiano e’ o que os parasitas que gravitam a volta dele teem feito da imagem do CR. E’ um problema dele e só dele. Servir de exemplo para os jovens não estou de acordo. A menos que os jovens queiram quando quiserem ser Pais alugar barrigas ou serem promotores de escortes. Já que para o futebol nem todos teem habilidade. Excepto para discutirem e mal.
    Quanto a’ RTP, sabe-se que ao longo dos anos tem sido um covil de compadres e comadres, com muita personalidade a ser paga a peso de ouro. Sobre os prejuízos vem-me a’ memoria aquela velha fábula de um medico informar o seu doente de que para não morrer ele (doente) tem de optar; ou fica sem um braço ou morre. A opção e’ do doente.


  12. Porque é que escrevem Y para estabelecer uma relação entre uma coisa e outra e não (e).
    Será uma forma de copianço a exemplo dos putativos candidatos a Juízes.
    Com franqueza devemos ser mais verticais.

    • Rodrigo Costa says:

      … Penso que tem a ver com as regras do acordo ortográfico…Mas, se não for, fica em sintonia, porque se fala de Ronaldo e de outras figuras mais ou mesnos que tal.


  13. Claro que depois acabam com a taxa do audiovisual, certo?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.