Guerras do alecrim e da manjerona.

Jornal de Notícias de hoje (21-6-2011)

Ainda bem que se fala abertamente da maçonaria e da opus dei. Para que não se pense que são teorias da conspiração. E compreender que estas sociedades secretas são cancros que convinha eliminar dos corredores e gabinetes. Uma coisa é fazerem os seus rituais e brincar às irmandades, outra é influenciar os destinos de um país pelo capricho de tomar e distribuir o poder a bel-prazer pelos amigos.

Comments

  1. Ricardo Santos Pinto says:

    SEguindo a tua lógica, expressada há alguns posts atrás, quem não é da Opus Dei ou da Maçonaria não pode comentar a Opus Dei ou a Maçonaria. Só podse comentar quem pertence a essas «coisas».
    Posto isto, concordo com tudso o que tu dizes.


  2. Eu disse isso?
    Ora lê lá bem.

  3. Rodrigo Costa says:

    Meus caros, a Humanidade está dividida por clãs, sejam eles religiosos, políticos ou de outra índole, os quais, naturalmente, desenvolvem esforços no sentido do controlo do poder. Foi assim com as cruzadas, quando, a partir de Portugal, se pretendeu evangelizar o Mundo; foi assim com os árabes e com todos os povos que colonizaram a Península, por lhes parecer ou estarem convencidos de que a sua filosofia e modo de vida é que estavam certos. É assim, quando se forma um grupo de amigos ou uma associação, com o objectivo de se protegerem e, já agora, terem algum peso influente —os poderes não dão guarida, não temem, o indivíduo, senão quando integrado e mentor de grupo de pressão; os poderes não estão disponíveis para a ausculatção da inteligência, mas para a gestão do que represente ameaça ou perigo.

    Por isso é que digo que a democracia não existe; o que existe é uma peça a que se deu um título, porque os actores continuam a ser divididos por protagonistas e secundários, e ninguém, por favor, queira meter nenhum deus no meio disto, a não ser que lhe chamem Diabo.

Responder a Rodrigo Costa Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: