Feliz Dia do Trabalhador!

Versão Continente

Comments

  1. Mais engraçado foi ver, no parlamento, toda a esquerda a defender as sagradas regras do capitalismo. Alguém tem que obrigar a baixar os preços, já que o consumidor não o faz. Os preços dos bens em Portugal são de povo com mania de rico. Por exemplo, num país com ordenado médio de 700 euros, os senhorios pedem quase isso pelo aluguer de uma casa. No capitalismo enriquece-se, é verdade, mas não deve ser tão rápido como agora é moda. Se a atitude do Soares dos Santos obrigar a todos os outros – os intermediários – a baixarem os preços já não seria mau.

  2. patriotaeliberal says:

    #1,

    LOL

    SS é cool!

  3. patriotaeliberal says:

    1º de Maio – dia de Soares dos Santos e do Colaborador.

    25 de Dezembro – dia de Soares dos Santos e do Salvador.

  4. Maquiavel says:

    Caro taxi, quem fica com as margens säo os distribuidores. Os que você chama de “intermediários” säo os grossistas… do grupo Jerónimo Martins, ou Sonae. Já näo é como era dantes.
    O SdS e o BdA enriqueceram foi quando passaram a ser eles próprios os intermediários, porque era aí que se concentrava mais valor na cadeia.
    E por isso nos seus mercados as coisas säo mais baratas que no comércio tradicional, embora eles tenham mais margem de lucro que os intermediários tradicionais… porque impöe preços baixíssimos aos fornecedores (e pagam a 90 dias, pelo menos o Lidl é logo a 30).
    Paradoxo? Pescadinha de rabo na boca!

  5. maria celeste ramos says:

    É preciso tirar curso de ladrão – mas quem produz as coisas e anda de costas dobradas não lhe chega nada e quando perde as culturas por razões climáticas não tem seguro e fica a ver navios – além de terem recebido uns tostões para destruir a agricultura que afinal se importa mais do que se produz no país – e os jon«vens não querem mais ter a miséria dos pais

  6. O dinheiro está up stream, como dizia o Sebastião da Concorrência, referindo-se aos combustíveis, no programada do Medina Carreira, que agora está melhor (embora faltem aqueles dois génios nacionais: o Duque e o Crespo). De facto, usei intermediários, porque estava cheio de pressa e não me ocorria a palavra correta.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.