O meu movimento

Aí está a segunda oportunidade de conseguir falar com o Pedro Passos Coelho.

Reconheço que há coisas mais interessantes para fazer, nomeadamente em férias, mas entendo o aproveitamento legítimo da cobertura mediática que este tipo de iniciativas acaba sempre por ter.

A inutilidade deste processo está comprovada no que resultou do movimento vencedor do ano passado – nada!

De qualquer forma e por uma questão de visibilidade entendo a opção por criar um movimento. Já lá fui e vá votei.

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.