Expresso time machine

Explicação:

Há uns anos, não consigo precisar bem, um jornal (o Público, se não estou em erro) decidiu avançar com uma capa sobre o resultado de uma eleição e a aposta correu mal. O resultado foi o oposto da capa, o que se tornou anedótico.

Nesta edição o Expresso parece ter feito o mesmo, ao mandar para a gráfica uma capa com o resultado de uma reunião que ainda não terminara. Mesmo com muito espírito santo de orelha, a coisa poderia ter corrido mal. Mas correu bem e algumas leituras podem ser feitas:

  • Quando o Expresso decidiu a capa já a decisão estava tomada – neste caso, a reunião terá continuado mais duas horas para saborearem ginjas e pastéis de Belém?
  • A decisão não estava tomada e o Expresso resolveu arriscar – neste caso, é isto jornalismo?

Um terceira hipótese é a capa ter sido aventada por alguém de dentro como balão de ensaio das reacções antes da comunicação oficial. Neste cenário saem mal a política e o jornalismo, o que me leva logo a dar-lhe crédito ou não tivéssemos nós já visto mixórdias qb.

Comments

  1. trill says:

    Rather than spend two days in in-school suspension for allegedly letting another student copy her classwork,
    http://news.yahoo.com/blogs/abc-blogs/mom-angry-male-vice-principal-spanked-her-daughter-234456335–abc-news-topstories.html

    Um aluno só por deixar copiar outro leva dois dias de suspensão, o que escandalizará estes asquerosos “cientistas” sociais e da educação tugas, mas a verdade é que a américa (goste-se dela muito ou pouco) é o país tecnologicamente mais desenvolvido do mundo, onde a criatividade atinge maiores expoentes e onde há mais democratização do “saber”, e consequentemente é o país com mais competitividade. Todos os americanos acreditam na américa e todos os americanos têm orgulho em serem americanos. Portugal, com as sua pedagogias e outras tretas hipócritas é o mais atrasado entres os obscuros e atrasados da “europa ocidental”, pobre e desigual, e um dos menos competitivos do mundo. E vamos a ver o que acontece no futuro…

    • nightwishpt says:

      E onde cabe a sua teoria de treta no caso dos países nórdicos?

      • Maquiavel says:

        E mesmo que a teoria marada do trill fosse verdade, o melhor que “o país tecnologicamente mais desenvolvido do mundo, onde a criatividade atinge maiores expoentes e onde há mais democratização do “saber”, e consequentemente é o país com mais competitividade” é… ESPANCAR UMA CRIANÇA???
        Uga-se! Ganda “criatividade”!

    • Maquiavel says:

      O quê? Os EUAsäo o país onde há mais democratização do “saber”? Quando se sabe que o Ensino americano é quase todo pago a peso de ouro, logo quem näo tem $$$ näo pode estudar? Você realmente abusou da pinga…

      Os países realmente onde há “mais democratização do “saber”, e consequentemente é o país com mais competitividade” estäo no Norte da Europa, onde o Ensino é público e gratuito até ao Mestrado, e onde só näo estuda o que quer até onde quiser, e quem näao quiser estudar até ao Mestrado é porque näo tem vocaçäo mesmo, mas pode ir para cursos profissionais ou politécnicos, também grátis.

      • trill says:

        concordo consigo. mas há grande disciplina, grande respeito e grande seriedade por parte dos alunos e de todos os intervenientes.

        O exemplo dos Eua “saiu-me” mas de facto não é o exemplo mais feliz.

        • Maquiavel says:

          Näo há problema.
          Saliento apenas que nos países nórdicos há grande disciplina, grande respeito e grande seriedade por parte de todos os intervenientes “simplesmente” porque na sociedade em geral há grande disciplina, grande respeito e grande seriedade por parte de todos os intervenientes, sendo que o o Ensino reflecte a sociedade,
          tal no no Tugal…

  2. trill says:

    neste caso o aluno preferiu ser castigado fisicamente do que ir dois dias para casa. A mãe ficou chateada claro, até porque se trata de uma aluno excelente, mas a verdade é que a alternativa seriam dois dias de suspensão por ter deixado uma colega copiar os trabalhos de casa.

    Em Portugal… o podre sistema educativo… com professoras muito pedagogas hipócritas, sobretudo as “muito finas”, as bacocas tipo “lili caneças” que mais rapidamente atacam os colegas que impôem normas e displina nisso estão bem protegidas pelas “cientistas da educação” essa corja responsável pelo ponto a que isto tudo chegou, porque a corrupção na política e sociedade reflete um sistema de ensino feito à medida dos chicos espertos, onde os agressores vão sendo tolerados e que depois continuam corruptos e agressores na “vida real”. Só me resta mesmo dizer viva a América e que morram os obscuros e obscuras “cientistas da educação” tugas e as “lilis caneças” das escolas – essas senhorecas que são as responsáveis nas escolas pelas atrocidades dos alunos (dever-se-iam fazer provas comparativas para se perceber até que ponto os alunos das “senhorecas” saem preparados para a “vida” para além das tangas hipócritas das senhorecas – que são as mesmas que se fartam de dar à (má) língua nas salas dos professores). Claro que seria fútil atribuir ás “senhorecas” das escolas todas as culpas do sistema educativo, quando se sabe que o politicamente correcto e as supostas pedagogias são impostas socialmente e sempre a partir de cima, mas elas também têm responsabilidades porque são o expoente máximo dessa hipocrisia, mersmo quando falam contra o “eduquês”, causam mau ambiente nas escolas ond conspiram e atacam outros professores e acreditam (não acreditam mas tentam que os outros acreditem) serem grandes pedagogas.

  3. trill says:

    “cientistas da educação” são as/os responsáveis pelo ponto a que isto tudo chegou: a corrupção na política e sociedade reflete um sistema de ensino feito à medida dos chicos espertos, onde os agressores vão sendo tolerados e que depois continuam corruptos e agressores na “vida real”. Repare-se que os “matadores de mulheres” são cada vez mais jovens – qual foi o papel do “sistema educativo” para pôr um travão a isto quando se toleram, as “lilis caneças” até lhes acham piada, os alunos mais chicos -espertos que são os futuros corruptos e alguns já são agressores e chantagistas? Claro que seria fútil atribuir ás “senhorecas” das escolas, ás “lilis caneças”, todas as culpas do sistema educativo, quando se sabe que o politicamente correcto e as supostas pedagogias são impostas sempre “a partir de cima”, mas elas têm responsabilidades porque na prática são o expoente máximo dessa hipocrisia, (mesmo quando falam contra o “eduquês”!), causam mau ambiente nas escolas onde conspiram (no fundo todas essas “senhorecas” querem ir para directoras e conspiram, conspiram, para tentarem conseguir esse seu “grande” objectivo existencial), atacam outros professores e tentam que os outros acreditem que elas são as “verdadeiras pedagogas”.

    Se quando se escreve mal dos profs “efectivos” e se defende dar “lugar aos novos”, se está a pensar nesta escumalha, nestas senhorecas da má língua contra os colegas e da conspiração na sala de professores, sinto-me tentado a assinar por baixo. O problema é que sabemos que, em última análise, estas chicas-espertas da educação seriam as que ficariam, as “intocáveis” do sistema educativo português. Seriam sempre os mais frágeis entre os “efectivos” que levariam por tabela.

    • nightwishpt says:

      O senhor é um idiota, não percebe nada do que é feito noutros lados, muito menos do que tem sucesso ou não tem e vem para aqui poluir outro tópico.
      Dedique-se à pesca deliciado pela salvação do ensino pelo Nuno Cretino, e colha as consequências, como todos nos, daqui a uns 10 anos.

      • Amadeu says:

        Não é senhor. É uma senhora. Cá pra mim é uma troll que se chama Isabel e não tem coragem de se assumir.

  4. trill says:

    Quanto ao tema do post os jornais têm sempre pelo menos duas primeiras páginas preparadas e nessa altura como já deveria estar +- claro o rumo das coisas avançaram com essa. Não foi um fenómeno de espiritismo. Deve ter sido mais tipo sms…

  5. trill says:

    por mais setinha que me ponha para baixo a verdade é que Portugal é um país obscuro, o oposto de tudo o que a Europa preconizava, e que a américa continua a ser um expoente do avanço tecnológico e, apesar de tudo, da transparência. Portugal tende a desaparecer – não há nem haverá substituição da população – a américa tende a aumentar porque todos querem ir para lá.

    Portugal vai desaparecer da história europeia (porque na universal só apareceu na altura dos descobrimentos) a américa conta mais que Portugal para os europeus que ignoram as eleições em Portugal mas seguem religiosamente as eleições na américa. O resto são tretas.

    E atenção: os nosso parceiros europeus não conhecem bem o que por cá se passa na realidade, mas com o tempo irão conhecer.

    • nightwishpt says:

      Ó sim, um exemplo máximo de transparência…. Só se for para o estado, que pode espiar os cidadãos sempre que quiser sem grandes restrições.

  6. trill says:

    “a verdade é que Portugal é um país obscuro, o oposto de tudo o que a Europa preconizava,”

    e isto é culpa de quem se até os políticos da “nova” geração (os sócrates e os relvas) foram educados pelas “ciências da educação”?


  7. É fundamental saber ler antes de saber escrever.

    http://www.rebelion.org/noticia.php?id=156052&titular=eeuu-tiene-46-2-millones-de-pobres-y-la-desigualdad-social-va-en-aumento-

    Aí fica um retrato,bastante real,do tal sonho,sempre foi pesadelo,americano.
    Para começar.
    Há muito mais.

    mário

    Post scriptum:
    Caso haja dificuldade com o castelhano o tradutor ajuda.

  8. jorge fliscorno says:

    O filtro de spam ensandeceu e reteve indevidamente alguns comentários.

  9. trill says:

    “Cá pra mim é uma troll que se chama Isabel e não tem coragem de se assumir.”

    Nada disso ò amadeus (sem a veia do Amadeus que foi forçado a ser maçon senão… “levava”, como mtos aqui são especialistas, não a “dar”)

    Vocês aqui fazem as contas à vossa maneira e tudo o que não seja por vós é contra vós, como com o Salazar.

    os Eua não são por acaso o país que produz mais tecnologia? Ok… ficamos nessa.

  10. trill says:

    e os Eua por acaso até são dos poucos países onde há grandes banqueiros e grandes administradores presos mas isso para vós é irrelevante já sei. Portugal é que é grande não é? E sobretudo transparente…

    • Amadeu says:

      Esta Trill está a mesmo a precisar que lhe deem com o esplendor de Portugal.

      • trill says:

        pois tu deves ser daqueles especialistas em “dar” quando os outros não cantam o teu hino, mas tem cuidado que quem dá por vezes leva e leva mais do que o que esperava.

    • jorge fliscorno says:

      Pois é trill, vá lá com calma. Isto já anda próximo do spam.

      • trill says:

        ok, não volto ao Aventar. Xauzéx.

        • jorge fliscorno says:

          Ora, não leve as coisas tão a peito. Os seus pontos de vista têm lugar.
          Quanto a não voltar ao Aventar, que não volte aos meus posts, ainda vá lá. Os outros autores não têm culpa dos meus comentários 🙂

Responder a trill Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.