PT Empresas: fuck off

pt-empresas-fuck-you

Em boa hora, deixei de ser cliente MEO. Posto isto – e tendo eu pedido por três vezes o grato favor de não mais me importunarem – qual a razão válida para a PT Empresas me continuar a assediar? É que… no caso de hoje, usando o insuspeito número de telefone 21 358 7700, obrigaram-me a gastar a recepção de uma chamada em roaming… para vos dizer outra vez… não me liguem mais. A sério, não liguem…

Comments


  1. Tanto afecto, por quem nos quer tão bem. Não podes ser assim.


  2. Precisava de folha A4 para transcrever os episódios com essas carraças. Durante meses recebia 3/4 chamadas com indicação de número privado, da MEO todos os dias, vou repetir: todos os dias, excepto sábados e domingos. É que eu não queria o “pacote” que eles me queriam dar, mas eles achavam que era melhor para mim.


  3. Porra nem falem. Andei dias a ligarem-me muitas vezes por dia de um número privado, e ninguem respondia. O gajo devia ter algum problema no micro ou era o meu telemóvel a armar-se em esquisito. Quando percebi que era da Zon até me passei, já estava a pensar ir fazer queixa à polícia por pensar que era algum gajo que não tinha mais nada que fazer que andar a ligar-me a toda a hora. Chego a casa, e à mesa o meu filho recebe uma chamada. E quase desesperado, pede-me para ser eu a atender, porque lhe andaram a ligar dezenas de vezes durante o dia, e ele já não aguentava mais. Coitada da senhora, lá levou uns berros. Mas não é fácil desligar uma chamada destas sem ser extremamente mal educado. Lá as pessoas que estão por trás da chamada não ouvem, não aceitam um não, desconfiam do que lhes dizemos… mesmo que muito calmamente lhes explicamos que não queremos (mais) nada (já era cliente), há sempre um “mas” preparado. Já lhe disse que não. “Mas isto…” Não estou interessado. “Mas aquilo”.

    É doentio!

    Isto está a chegar a um ponto que ultrapassa todos os limites do aceitável.


    • Correcção: Onde se lê Zon, leia-se Meo (TMN). Os da Zon não são muito melhores, mas o episódio das chamadas anónimas que ninguém respondia passou-se com a Meo. Hoje vi um amigo meu do Facebook a reclamar na página deles sobre a mesma situação.

  4. Ferpin says:

    Sugestão gratuita:
    Atenda e nem fale, pouse o telefone e deixe-os a falar para o boneco.


  5. Há uns 6 meses aconteceu-me levar durante dias propostas da TMN. Até que dia chatei-me a serio. Exigi que me retirassem da lista das pessoas contactaveis. E surpresa, não me têm telefonado até hoje.


  6. Tirando obviamente o caso do roaming. Se alguém vos ligar a partir de um call-center, façam uma experiência, peçam licença, interrompam o vosso interlocutor e coloquem questões. Vão ver o quanto se torna interessante… (é que estão formatados e não sabem sair do guião, eheheh)


  7. Numa próxima aparição pública propagandista do Zeinal Bava adorava ver um jornalista perguntar-lhe se já conseguem oferecer mais de 4 MB de download em toda a área da grande Lisboa, e se ainda continuam a praticar “bulling comercial” (essa coisa miserável e pegajosa a que chamam política de retenção de clientes…).

Responder a dariosilva Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.