Pum! Pum! abriu a caça ao Marinho

marinho pinto

Era fatal: quando alguém corre por fora e vence, leva. O António Marinho Pinto é, desde que surgiu nas sondagens como elegível, o alvo do tiro ao boneco.

Quem te mandou ter votos, pá? que ideia horrível, essa de ter alugado um partido pequeno e conseguido furar o sistema partidário, tão cioso da exclusividade das suas lideranças centralizadas. Que chatice, aparecer um tipo com um discurso rebelde, denunciador da corrupção instituída, da partidocracia dominante, que guarda para si não só o poder como o direito a ser sua oposição.

Como centenas de conterrâneos, conheço o Marinho da Anop há uns bons 30 anos. Desde as noitadas na Clep a uma experiência profissional que dificilmente poderia ter corrido pior para ambos. Posso enumerar os defeitos, alguns gritantes, começando num narcisismo antológico, mas também lhe conheço as qualidades, humanas e cívicas. Tem de tudo, como todos nós.

Muitas das críticas a que agora se sujeita são justas e merecidas; desbocado, não medindo o que diz pela sua correcção quanto mais pela ortodoxia, disparata com facilidade, como qualquer um de nós. É precisamente essa parte que tenho apreciado desde que lhe deu para a carreira política, que faz dele em simultâneo um anti-carreirista. E ainda a procissão vai no adro, mais bojardas vêm aí, ou pelo menos será de contar com elas.

Ora bem, é precisamente a imprevisibilidade do político (hoje em dia formatados pelos especialistas em comunicação), que adoravelmente ele vai pondo em causa, defendendo o que muitos até pensam em privado mas jamais diriam em público, tenha ou não tenha razão, a parte que me anda a dar gozo, e mais promete.

A incapacidade dos militantes partidários, e refiro-me à esquerda, perceberem que se houve espaço para ele aparecer com sucesso foi porque o deixaram vazio, e pior do que isso, não verem que antes ele que um reaccionário bem falante qualquer, quando a crise criou todas as condições para a entrada em cena de um salazarinho, que ele não é, esta parte é que não me está a dar gozo nenhum. Continuem a coleccionar detalhes, atirem-nos, o efeito será o contrário, que os votos do Marinho não vêm deste ou daquele partido, mas dos que há muito não suportam partidos.

Dos ataques que se irão multiplicar podem resultar duas coisas: ser arrasado, o que duvido muito, o homem tem a escola toda, ou muito simplesmente reforçarem o seu apoio. Custará muito entender que uma imensa maioria de portugueses está farta disto, e não se revê na oposição que tem? que prefere a naturalidade e espontaneidade ao artifício e dissimulação? quem preferem um político que parta a louça toda a qualquer outro que ande a colar os cacos?

É claro que tudo isto é imprevisível, e partidos de aluguer são perigosos, quem aponta para as presidenciais e se mete com eles arrisca-se a tropeçar pelo caminho. Mas no mínimo areja, e a precisar de ar fresco anda a política portuguesa e todos nós.

Comments

  1. Gotlieb says:

    Na mouche !

  2. Fernanda says:

    É muito adjectivo para um homem só.

  3. afonso says:

    ele não é desbocado, é mal educado, mal formado, sabe pouco do que diz e ao que se propõe, se fosse para conversa de café também eu podia ser candidato. e não sei até que ponto não será uma reaccionário, basta ver a sua opinião sobre a co-adopção e/ou imigração brasileira. e bastou ver ontem o programa para perceber que nada dali sairá de bom. nada…


    • Essa da opinião sobre a imigração brasileira é de quem não sabe ouvir, ele estava a criticar um juiz brasileiro e não disse nada que seja mentira.
      Sobre a a homossexualidade em geral pensa o mesmo que 95% da sua geração, com a diferença de que não finge ter outra opinião em público.
      E não sou advogado dele, nem sequer votei nele, muito simplesmente essas acusações esquecem o essencial e atiram ao secundário.

      • afonso says:

        que me interessa que 95% da sua geração pense o que quer for, isso quer dizer alguma coisa? olha agora… então achas que a prostituição é uma das principais exportações do brasil, muito bem. o que é então o essencial daquele discurso popularucho? a única razão pela qual teve votação que teve prende-se com o capital que granjeou com opiniões medíocres sobre tudo e nada em programas de televisão medíocres sobre tudo e nada…

      • Monica says:

        Também acho que a frase não teve nada de especial. Há que contextualizar e não esquecer a amplitude da prostituição do Brasil e até associado às redes de tráfico humano….


        • sabe lá esta gente o que é contextualizar, a malta quer é que os anticorruptos sejam arrastados pela lama, era o que mais faltava, virem os Marinhos acabar com a mama dos corruptos


    • essa das prostitutas brasileiras é tudo mentira, mentira mentira mentira mentira mentira. ( consegui convencer alguem ? )


    • mas o Marinho não se está a candidatar para casar com ninguém, eles está a candidatar-se para lutar numa guerra que ninguém ousa desafiar, e voces queiram um sosnso manso? Voces querem é os bem educados, que só dizem o que voces gostam de ouvir e entretanto desfalcam o país, voces gostam é desses e é isso mesmo que Portugal tem, uns sacanas mansos falsos e encantadores de burros. Marinho Pinto não anda aqui para encantar ninguém, ele veio para a luta. Apesar do povo ingrato.

  4. Um dos que esta besta disse que não devia ser tratado says:

    fala muito mas acerta pouco é triste que antes de abrir a boca não pesquise um pouco mas pronto o povo já se habituou a aldrabões vamos ver se este não será mais um

  5. Fernando says:

    Marinho, Medina, Paulo Morais e outros são alvos a abater através da calunia, da mentira ou da invenção!
    Estes personagens estão a cagar fora do penico.
    Estão a tirar o exclusivo de alguns partidos com acento na AR, que se arvoram em ser os músicos com exclusividade de por a boca no trombone.

    • carlos says:

      está na hora destes se unirem Vamos lá Toooodos


    • ora nem mais, mas os otários ainda vão atrás , passam a vida a distorcer o que o Marinho fiz e o povinho acredita em tudo, são incapazes de perceber que Marinho é uma pessoa integra e portanto deviam questionar quando alguém vem dizer que ele dissse ou fez , algo que uma pessoa integra jamais faria.Mas não, papam tudo

  6. JorgeF says:

    Pois podem ser “dores de corno” ou de cotovelo, muitas serão, mas as críticas têm razão de ser e não se referem a “detalhes”, João José. E, quanto a previsões, as minhas são diferentes:ou se apaga, qual Manuel Sérgio do “partido dos reformados”, ou, para fugir a esse destino, ainda desata a ser o José Manuel Coelho do PE.

  7. André says:

    Mal educado!?! Esta é a critica das madames pompadour desta vida. Eu não votei no Marinho e Pinto, reconheço-lhe qualidades e defeitos, mas claramente é um homem que diz o que pensa com um discurso humanista. É conservador nos costumes ? Certamente (aliás uma das razões para não ter o meu voto), mas não é um mal educado, é um homem com uma matriz de esquerda republicana e uma verticalidade sem reparos.
    Quando se insurgiu contra a Manuela Moura Guedes, verbalizou o que era justo. Não cedeu ao politicamente correcto.
    Agora é tratado como um “aldrabão” ou “besta” por um qualquer anónimo covarde…assim sem provas nem factos é reduzido a mero “aldrabão” por um qualquer trolzeco da treta.

    • joao says:

      por favor amigo vota nele rápido!! Nem vale a pena votar no resto!!


    • elas gostas mais dos bem educados mentirosos ladrões e manipuladores baratos. Medina Carreira sempre disse, em Portugal ninguém chega ao poleiro a dizer a verdade, pq os portugueses pensam que isto é tudo uma novela, onde a realidade é feita para gerar audiencias, lol

  8. José Honório says:

    Vejam esta. Marinho Pinto a comentar uma situação ocorrida em Peniche. Vários proprietários de casas queixaram-se de erros de construção e foram para tribunal contra os construtores, contra os técnicos responsáveis pelos projetos e contra a Câmara Municipal. À data dos factos (e ainda hoje é assim) a lei atribui as responsabilidades por erros de construção aos técnicos que assinam um termo de responsabilidade em como a construção está de acordo com o projeto. Ou seja, as câmaras municipais já não avaliam a qualidade nem as características técnicas da construção, mas apenas verificam se o projeto de arquitetura está a ser cumprido (volumetria, cércea, número de pisos, afastamentos, etc). Mas vejam a quem Marinho Pinto atribui as culpas. Não estudou o caso, estava desatualizado mas foi comentar. À data ainda era bastonário. http://umacasaumpesadelo.blogspot.pt/2011/10/blog-post.html

  9. Rosa says:

    Também o conheço há muitos anos: tropical e afins. Irão fazer-lhe a cama a todo o momento por tudo e por nada descontextualizando tudo o que o homem disse ou vier a dizer. Deus o proteja para continuar a ter os tomates que sempre teve para enfrentar estes caralhos.
    Rosa

  10. Rosa says:
    • joao says:

      lol mais uma tentativa de mandarem o homem abaixo! LOL
      tb tentaram com o medica carreira! LOL
      vai te deitar rapariga

  11. carlos says:

    Era Deste HOMEM que o povo Português estava á espera . Só resta agora o mesmo Povo estar á altura e não se acobardarem como de costume.Se o povo não apanhar esta oportunidade então fica evidente que seria uma pérola lançada a porcos.

  12. Fernanda says:

    Se o Costa avança, o Marinho…….ele é incorrecto acreditar nas teorias, dizem, mas….

  13. Fernando Lacerda says:

    José João, ontem vi, no face ou num, , duas intervenções de Marinho e Pinto. Uma em 2011 e outra agora, penso que na campanha, sobre a abstenção. Conhece estas intervenções? Se sim, que acha? À descontextualização? Já agora, conhece a posição da Irene Pimentel sobre a eleição de MP?


    • Eu andei anos a ouvir o Marinho a dizer disparates, não preciso dos novos. Mas sei que é um democrata, e andará pela social-democracia. Isso basta-me, porque o que ele está a tapar é o caminho de um qualquer Medina Carreira mais novo, que não é nem uma coisa nem outra. O José Gomes Ferreira bem anda com vontade.
      Quanto à opinião de Irene Pimentel não li, nem estou interessado; e fiquemos por aqui, que não me apetece falar do Cerejeira.

  14. José Peixoto says:

    Mal ou bem, gostem ou não o homem está lá, e leva agregado, ou ao colo, como quiserem, um tal de dr. José Inácio ( já ouviram falar, conhecem-no?) tão advogado como ele e presumo que tal como ele, impossibilitado de estar na política, isto segundo o ex- bastonário da Ordem dos advogados, que se não estou enganado é o mesmíssimo Marinho Pinto.


    • Essa do advogado, é fantástica. Muito sensatamente ele disse que os deputados não podem exercer advocacia, não disse que os deputado não podem suspender a actividade. O problrema é que não suspendem, e continuam ligados aos seus escritórios, tipo Aguiar Branco que é ministro. Estou inteiramente de acordo (que esse Inácio o faça, já duvido um bocado).


    • gostei da ideia do sabem quem é?
      Presumo que saiba quem é o segundo do PS, da CDU, do Bloco e da Aliança Portugal?

  15. Fernanda says:

    Depois de algumas horas da tal “caça” ao Marinho, a caça fechou-se.

  16. joao says:

    porra que gente do pior VAO VOTAR NA MERDA DO SOCRATES OUTRA VEZ MEUS CALHAUS DO CARAÇAS!!!
    Que gente do pior pahh!
    O grandioso Dr. Marinho Pinto é um dos ultimos BASTIÕES de ESPERANÇA para este país!
    Terá os seus defeitos seguramente pois é humano como nós, mas no entanto nunca desviou o seu rumo por nada!! TERA e sempre TERÁ O MEU VOTO EM TUDO!!!
    Força Dr. isto precisa é mesmo de gente que faça passar a mensagem porque este povo burro não vai lá “prestem atençãozinha sff”!!
    Tenho dito!


  17. Será queele diz que não mas…Será que á distancia (e que seja muita)está ja a penssar depois de se ligar ao P S ,consseguir o Ministério da Justiça?

Responder a João José Cardoso Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.