O Libório na cidade dos 3 P’s

Como dizia um parvalhão qualquer numa rádio de Braga, a corrida do porco Libório foi a recuperação de uma tradição medieval. E todos sabemos como eram suaves as tradições medievais…
Ao Libório, o porco, empurraram-no, puxaram-lhe o rabo e as orelhas e arrastaram-no durante 500 metros aos pontapés.
São corajosas, as pessoas que vivem na cidade dos 3 P´s. Enfrentam o porco!
E se esses P’s todos que lá vivem fossem brincar com o caralhinho? Sabemos que gostam, todos eles sem excepção. Era boa ideia, porque porcos já eles são.

Comments

  1. Muito colorido o post mas perde por linguagem grosseira. Ficava melhor e concordo com a ideia se fosse correta a linguagem.

    • Nascimento says:

      É pá, grosseira?Ó Ricardo ,não mande estes filhos da puta ,selvagens ,pederastas de merda,de uma cidade merdosa de beatos e beatas rançosos ,pró caralhinho….não, escreva antes PALAVRINHA PLENAS DE FLOREADOS, tá bem?

      Anda aí uma teoria MUITO MODERNAÇA,em que assenta nesta permissa: – podem-nos pisar todos os dias, mas, o que é preciso ,é sermos “democratas “e dizer amem, qé pa nã ser como eles, os maus-!!! Pois metam a educaçãozinha in su sitio, que eu só sou educado, para quem me merece consideração.

  2. Mia Flores says:

    Se a violência, seja ela de que tipo for, ofendesse tanto a alma humana como a “linguagem”, dita, “grosseira”, teríamos com toda a certeza um mundo muito melhor!

  3. Alberto says:

    Não são 3 os “pés”… são 4 (ou 5) !

  4. e experiência a brincar com caralhitos também não lhes falta…

  5. Alberto says:

    Caro Ricardo,
    Faltou um P, de porco a descer a rua da Cividade.
    Tenha calma, tome um banho frio, brinque com o seu caralhinho (com P de pequenino) e coma uma bifana.
    Vai ver que se vai sentir um homenzinho.

    Depois pode ir fazer como fazem todos os defensores dos animais: castrar os seus gatos e cães domésticos, em nome da dignidade destes.

    Alberto

    • André says:

      Tanta verve para nada. Achar divertido o sofrimento animal é estúpido. Argumenta para aí à tua vontade…biifanas, castrar gatos e cães bla bla bla….tu achas divertido ver outro ser vivo a sofrer, mai nada. E isso, amiguinho, é estúpido.

Trackbacks

  1. […] nome da “tradição“, venham de lá esses […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.