Não fez por mal, foi sem querer

passos-coelho_zorate
O próximo entretenimento político nacional consistirá em descobrir se Passos Coelho vigarizou o estado porque era deputado em exclusividade e recebia por fora, ou se vigarizou o estado porque pediu o subsídio de reintegração e afinal não tinha estado em exclusividade.

Em qualquer dos casos, num país distante politicamente da Guiné Equatorial, hoje demitia-se.

No Portugal a que chegámos, pede desculpa e não se fala mais nisso.

Comments


  1. E se ele disser que não se lembra de qual das maneiras foi que vigarizou o Estado?

  2. Amadeu says:

    não. o próximo entretenimento nacional vão ser crónicas de opinião nos jornais para saber se se escreve salchicha, salsicha ou salchicha. Alguém vai atirar a bola pra esse lado.

  3. Candido says:

    Em Portugal tem sido assim. Um politico deu um peido em vez de uma bufa, e logo jorram cronicas, historias, descobertas, acusacoes que desse evento mal cheiroso.
    Toda a classe politica não presta desde há muitos anos tem sido um nojo. Mas a sociedade portuguesa também não merece melhores políticos.
    O Ulrich teve toda a razão quando disse “ai aguentam aguentam”. E não e que os bravos lusitanos tem aguentado tudo o que a classe politica tem feito ?

    • Jorge Bandeira says:

      Candido estou completamente de acordo, só é pena que os “bananas” dos lusitanos aguentem porque não passam disso mesmo. Bastava só ter uma pequena costela de espanhol ou até mesmo de grego para NÃO aguentar mesmo.


  4. é capaz de ter a sua piada vê-lo perder eleições para o Seguro 🙂

Trackbacks


  1. […] O homem da chamada “salsicha educativa”, esse mesmo que andou a encher tecno-chouriços na Tecnoforma enquanto era exclusivo deputado. E agora, tadinho, sofre de Alzheimer. Vejam só, não se recorda se recebeu 150 mil euros, ninharias, especialmente no dinheiro de há 15 anos atrás, está visto. “Emigrem”, era o que ele recomendava, não era? Pois. […]


  2. […] de euros ao fisco? Vá lá, quem nunca se esqueceu de ninharias destas que atire a primeira pedra! Ele não fez por mal… Mas, fazendo aqui uma pequena incursão no campo da conspiração, será que Passos, esse […]

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.