O Banco Central Europeu

incentivou o governo cipriota a fornecer liquidez ao BES lá do sítio. O resultado foi o que se viu…

Comments

  1. João Paz says:

    Foi só o FMI/BCE/UE a lucrar com o garrote dos cipriotas ou houve mais algum banco alemão a lucrar com o assunto? As suspeitas são perfeitamente fundadas pelas declarações do adjunto do mordomo Barroso.


  2. Quem olhar para os prazos do resgate (entre a tomada de decisão e a sua execução) e para saídas de capital ficará com poucas dúvidas sobre o que se passou. Viva a irmandade europeia.

Responder a João Mendes Cancelar resposta