Robertos

Lembram-se deles, certamente. Quando era miúdo, eu não perdia uma representação, fosse no humilde biombo de rua, fosse no teatro de robertos com palco, plateia e tudo. A voz estridente dos bonecos, dada pelas palhetas, atraia os putos irresistivelmente. Lembram-se das cenas que se repetiam eternamente: “eh toro, eh torito!…Olé, olé”; ” o raio do barbeiro é doido, carago”; “Doooommm Roberto vai aqui, toma, toma, toma”; “sou o diaaaaabbooooo!…”; “não me apanhas, não me apanhas, trrré,té, té” e por aí fora, tudo dedicado ao “rrrreeeespeitável público e todos os meninos e meninas”. Infelizmente, é raro encontrarmos o D. Roberto por estes dias. Se queremos ver os nossos queridos robertos temos de (devemos) ir ao Museu da Marioneta.
Até lá, restam-nos as candidaturas de Alberto João Jardim e Santana Lopes à presidência da República. Com o aflito esbracejar comentatório do professor Marcelo. É o que se arranja.

Comments

  1. Teresa Bizarro says:

    Nunca gostei de ‘robertos’, nem de palhaços…Muito menos destes robertos que se propõem à presidência!

  2. Rui Moringa says:

    O teatro de robertos é uma encenção-representação do nosso dia a dia à altura. hoje não temos estes “mediadores-robertos” para compensar as nossas desgraças e infortúnios, castigar os maus e satirizar.
    Parece que todo o nosso quotidiano é a realidade feira de robertos com representações, manipulações e “performances”. Não há diferença entre realidade e representação.
    Assim, os ditos actores sociais e políticos são figuras de robertos na vida real. Estranho mundo este!!! Lidamos mal com as verdades. É um faz de conta contínuo e uma excitação pegada para ver quem é mais roberto.
    O seu texto tem muita pilhéria. Apreciei.


  3. Odeio Robertos! que horror! Toma, toma,…interminável, barulhento, assustador…como os palhaços, concordo com alguém que disse o mesmo
    estes candidatos ainda nem robertos são. quero com isto dizer que não merecem palco. merecem ir directos para o museu.
    agora, quem parece mesmo um roberto, com a mesma voz irritante, é o marques mendes…cada vez q o ouço estou sempre à espera do toma! toma!


  4. Com todo o respeito que os Robertos nos merecem, claro! Os bonecos não têm culpa; não é nossa intenção ofendê-los.

Responder a Alcídio Faustino Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.