Poderosa e Descontrolada: A Troika

Documentário do canal Arte  sobre as intervenções da Troika. Contém cenas eventualmente chocantes, não sendo recomendado a quem acredita na propaganda do governo. Um trabalho de  Harald Schumman (autor de Quando a Europa salva os bancos, quem paga?, que também já legendámos) aqui em segunda versão, com correcções nas legendas e melhor qualidade de vídeo que a primeira.

Esta versão estará em breve disponível para download.

Comments


  1. 1:26:40, ” Há estudos psicológicos e sociológicos que demonstram que as pessoas de convicções profundas não mudam de opinião, mesmo face face às evidências…”
    – Houston, we have a problem.


  2. Excelente trabalho! Fui um baldas deveria ter colaborado. Acham que vale a pena passar os olhos pela tradução do francês ou já está mais que revisto?

  3. Isabel Atalaia says:

    Obrigada Aventar. Esta versão está muito melhor, muito mais síncrona. Como bem reparou vm – 1:26:40 talvez se pudesse substituir “há” por “existem” e eliminar “face” que está repetido. Peço desculpa por estes erros.

  4. Isabel Atalaia says:

    Peço desculpa mas há mais uma correcção a fazer aos 44’32” deve-se substituir “tramabos” por “trabalhos”.

  5. Isabel Atalaia says:

    Mais uma vez outra correcção – aos 58´14´´ pensem substituir “apologista” por “activista” ou “militante”. Penso que corresponde melhor à palavra francesa “milite”


  6. Correcções aplicadas!

Trackbacks


  1. […] ordem dos 9,5 mil milhões desde que há quatro anos Portugal se submeteu ao plano de austeridade que teve no resgate dos bancos a sua principal prioridade. Claro que, e o jornal fez essa mesma referência, metade desta catástrofe bancária diz respeito […]


  2. […] é, essencialmente, o documentário “Poderosa e Descontrolada: A Troika”, traduzido pelo Aventar faz algum tempo. Aproveite para ver ou rever, agora com partes narradas em […]


  3. […] 17 de Julho, o grupo de teatro O Bando projecta o documentário “Poderosa e Descontrolada: A Troika”, de Harald Schumman. A sessão começa às 21h00 e a entrada é […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.