♠♣♥♦ *

novo banco, velhos hábitos

Recomenda-se vivamente ao PS ouvir como reagiram o BE, o PCP e…. o programa humorístico “Isto é tudo muito bonito mas…” face ao desmoronar da argumentação da PAF. Podiam, por exemplo, ter lembrado que “o Estado está a receber juros pelo dinheiro que o Estado emprestou ao Estado.” [“Isto é tudo muito bonito mas…”]

Ou então, que “três anos passados de saque ao povo e ao país, temos um défice idêntico ao de 2011 e, pasme-se, a tal dívida que Passos Coelho anda a dizer que anda a abater, afinal, tem vindo a crescer oito milhões de euros por dia, dados divulgados ontem pelo Banco de Portugal.” [Jerónimo de Sousa]

Ou ainda, que hoje “é o dia em que a campanha eleitoral da direita morreu”. [Catarina Martins]

António Costa, continuando a falar do seu programa, depois desta hecatombe, é uma boa explicação para os mentirosos  continuarem com vantagem eleitoral. Não lembra ao menino jesus este governo ter feito o que fez aos portugueses e isso não ser assunto sistemático de campanha para este partido.

* Ideograma que representa o jogo do governo com o NOVO BANCO, no que respeita a nacionalização que faz de conta que não o é, apesar do Estado nele ter metido 3.9 mil milhões do dinheiro dos “contribuintes”, como gosta de dizer a malta da PAF. Traduz, ainda, o jogo de mentiras sobre o défice que era importante até hoje e que, agora, já tanto faz.

Comments

  1. João says:

    O dinheiro emprestado pelo Estado ao fundo de resolução do BES vai ser todo devolvido pelo sistema bancário.

  2. joão lopes says:

    o dinheiro emprestado pelo estado à banca,é dinheiro da troika(lá esta,um emprestimo do FMI com juros para pagar) e o idiota do actual PM ainda diz que o estado já esta a receber juros do emprestimo quando nem sequer ainda conseguiram vender o “novo banco” sendo que o mais provavel é o estado ter que injectar em nov. mais 2.000 M de euros,mas afinal este idiota é mesmo idiota ou faz parelha com a maria luis e o portas na tripla mais idiota e incompetente que Portugal já teve a infelicidade de ter no governo?


  3. Só quem acredita no painatal é que perante as sondagens, que não são lei, mas apenas tendências, ainda acha que a campanha de promessas tipo banha da cobra, está dar resultado. Os eleitores podem ser distraídos, mas perante tanta aldrabice e opiniões forçadas e baseadas em suposições, acabam por reagir fugindo. Procurem ser sérios e vão ver que as sondagens melhoram.