Novo Banco reestrutura dívida a amigo de Ricardo Salgado

NB

Há reestruturações de dívida e reestruturações de dívida. Se a dívida a reestruturar for, por exemplo, a de uma nação como Portugal, imediatamente se eleva um coro de moralistas liberais e conservadores que protesta com veemência, ora por se tratar de uma irresponsabilidade, ora porque se trata de um mau sinal para os investidores, ora porque as dívidas são para pagar porque os devedores devem ser indivíduos de palavra e os credores não lhes pediram que se endividassem. Mesmo quando o próprio FMI afirma que a dívida de uma nação como Portugal devia ter sido reestruturada por ser insustentável.

Claro que, como em tudo, existem as excepções. E a excepção de hoje chama-se José Guilherme, o empresário que ficou famoso pela prenda de 14 milhões de euros a Ricardo Salgado e por se ter esquivado à Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso BES, alegando motivos de saúde que o impediam de viajar de Luanda para Lisboa, excepto se para fazer uma visita ao barbeiro. Segundo o jornal Expresso, a dívida de José Guilherme ao BES, que segundo o próprio ascende a 121 milhões de euros, foi reestruturada. Tal como a nossa, é possível que a dívida do empresário fosse insustentável, o que a julgar pelas prendas que dá aos amigos não surpreende. Pena não termos igual sorte.

Sobra a dúvida sobre o que terão os moralistas a dizer? E, já agora, qual será a posição do liberalíssimo Sérgio Monteiro, o ex-Secretário de Estado de Passos Coelho que Passos Coelho escolheu para conduzir a venda do Novo Banco? E os lesados do BES, que viram as suas poupanças transfomadas em nada, como se sentirão eles face a esta reestruturação? Cá para mim isto é tudo obra dessa perigosa extrema-esquerda pró-calote que nunca cumpre com as suas responsabilidades e que o que quer é viver acima das suas possibilidades. Despesistas!

Foto: Pedro Nunes/Lusa@DN

Comments

  1. ZE LOPES says:

    Concordo por inteiro.
    E, já agora, peço licença para fazer uma pergunta: será que o “Aventar” vai passar a ser uma tribuna de interesses na vida interna do PSD, com o privilégio da não existência de comentários? Desculpe, mas foi o primeiro “post” que me deixa fazer este desabafo!

  2. martinhopm says:

    É que há os chamados ‘filhos da mãe’ e os ‘filhos da p…’ Onde se inclui o José Guilherme? Onde se inclui Portugal?

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.