Com toda a naturalidade, a maçonaria controla o país

Mac

Long story short: está em cima da mesa a saída do Secretário-Geral dos Serviços de Informação da República Portuguesa (SIRP). Segundo o Expresso, o lugar que poderá em breve ser deixado vago está a ser disputado pelas duas principais ordens maçónicas, Grande Oriente Lusitano (GOL) e Grande Loja Legal de Portugal (GLLP), com a segunda a acusar a primeira de estar sobrerrepresentada no SIRP.

Mas quem é que deu a esta gente o direito de se intrometer nos assuntos do Estado, como se de estruturas democráticas e universalmente sufragadas se tratassem? E porque raio estão os nossos serviços secretos repletos deste pessoal obscuro? Será que não chega estarem infiltrados até ao tutano nas estruturas de poder, influenciando o rumo do país em função dos seus interesses particulares, e ainda se acham no direito de controlar os serviços secretos? Alguém corra com eles se fazem o favor. Já chega de pagar aventais com o dinheiro dos nossos impostos.

Comments

  1. Carvalho says:

    “Alguém corra com eles”? Santa ingenuidade, meu caro.
    Há muuuuitos anos que a Maçonaria controla este país (e muitos outros).
    Eles estão em todo o lado. Nos partidos políticos e em qualquer lugar onde tenham acesso a poder e a informação (daí os serviços secretos serem tão importantes).
    Em todos os partidos são eles quem decide quem ocupa que lugar, quem é dirigente e futuro governante, quem é deputado, quem vai presidir à Câmara.
    Não existe um único hospital, uma escola, uma repartição pública, onde eles não estejam estrategicamente colocados.
    Democracia? Não passa de uma ilusão para palermas simples de espírito. NUNCA houve democracia, há muitos anos são os maçons que controlam tudo e tudo decidem. Abra os olhos, amigo.


    • Pedir que se corra com esta gente não invalida que eu não tenha noção de tudo o que diz Carvalho. é precisamente por saber que faço esse pedido.

      • Ricardo Diogo says:

        Porque não se organizam e fazem uma espécie de Milícia Anti – -Maçónica’? Porque é que o Português apela sempre a “outro” que faça e não se tomam atitudes ? O meu desejo é ver esses antros de perdição queimados!

        • Carvalho says:

          Então porque não põe em prática as suas próprias palavras e não começa a queimá-los? Quer uma lista de moradas? Posso enviar-lha…

          • Pedro says:

            Se quiser deixar as mordas agradeço! Só consegui encontrar uma em Lisboa, perto da Estrela! Essa claro já foi vandalizada…


        • Se é esse o seu desejo força, organize a sua milícia!

    • Afonso Valverde says:

      Carvalho,
      Tem muita objetividade o seu comentário. Estamos “dominados” pelo poder desta gente. O pior é que os mações ditos portugueses estão a mando da maçonaria internacional que manda mais. Os de cá são uns paus mandados. Depois do 25 de Abril tomaram conta do país. Andaram anos e anos a conspirar para deitar abaixo o regime do botas e depois borrifaram-se para o Povo que dizem defender. O PC é outra “maçonaria” “seita”- internacionalista.


    • Desde o tempo do Marquês de Pombal (também ele maçon) há perto de 250 anos que isto nunca mais se endireitou,custa a acreditar mas é a mais pura das verdades.


  2. Quando os grupos que combatem a “maçonaria” usarem METADE da energia que usam nesse combate para TAMBÉM combater a “opus dei” (o outro lado tenebroso das sociedades secretas), terão TODO o meu apoio! Até lá, peço desculpa, mas parece SEMPRE favorecimento de uns criminosos contra outros.


    • Da parte que me toca, a Opus Dei é uma espécie de maçonaria, apenas com vestes diferentes.

      • Carvalho says:

        Tem toda a razão. A Opus Dei ainda é pior que a Maçonaria, uma vez que aceitam como existente uma coisa a que chamam “Deus” e que nunca ninguém (nem sequer eles próprios) viu. Ou seja, são fanáticos e ainda por cima alienados mentais.

        • Fernando Cerdo says:

          Opus Dei = Maçonaria + Água Benta

          Esse conceito pré-Vaticano II de que a Maçonaria constitui uma tenebrosa conspiração satânica contra a Religião Católica já está mais que ultrapassada. Basta ver o caso da famosa loja P2 “Propaganda Due” da Itália protagonista de diversos esândalos que em tempos conseguiu reunir a fina flor do Vaticano, da Banca, do neo-fascismo e da Máfia italiana. A Rainha de Inglaterra, para além de Chefe da Igreja Anglicana, é também a Mestre mais graduada da Maçonaria Britânica que nos países anglófonos convive de forma serena com os meios mais beatos e conservadores. Na África do Sul do apartheid a vida política e o aparelho estatal era monopolizado por uma para-Maçonaria protestante Africânder conhecida como o “Broederbond”, outra Maçonaria “anti-maçónica” ao estilo da Ibérica e Catolica Opus Dei.


        • As crenças de cada um são as crenças de cada um. O grave não é acreditar num Deus, a agir contra a palavra que esse Deus supostamente nos deixou.


        • O vento não se vê e sente-se. O mesmo com Deus!

  3. eu avento says:

    Dedução de quem se diz de esquerda :
    Se é o Expresso que o diz é porque deve ser verdade …

    Santa ingenuidade.

  4. Hélder P. says:

    Democracia e sociedades secretas são para mim conceitos inconciliáveis. Qualquer ocupante de cargo público deveria ter de declarar se pertence a alguma, e ser investigado pelo SIS, PJ… se apanhado a mentir sobre isso, era exonerado e ponto final. Num mundo ideal, assim era.

    Mas eles estão em toda a parte, João, tanto no PS como no PSD, no CDS, nos tribunais, nas polícias,,, em toda a parte e em todo o mundo. Ora, como eu não acredito que homens adultos se reúnam em segredo para fazer teatrinho com aventais, é evidentemente o que eles vão lá fazer.
    Até nas notas de dólares americanos, encontra símbolos maçónicos. Aqui está a verdadeira teoria da conspiração, eles mandam nisto tudo!

  5. Thief says:

    O problema maior é que esta seita e outras, são como os coelhos, acaba-se com um nascem mais 5.

  6. Ana Moreno says:

    Ignorante total quanto ao assunto (confesso já, já); diz a wikipedia: “De caráter universal, cujos membros cultivam o aclassismo, humanidade, os princípios da liberdade, democracia, igualdade, fraternidade[5] [6] e aperfeiçoamento intelectual, sendo assim uma associação iniciática, filosófica, progressista e filantrópica.” Fora essa mascarada de ser meia-secreta não parece tão grave assim… valerá mesmo a pena prestar-lhes atenção?

    • Helder P. says:

      A Ana continua a acreditar no Coelhinho da Páscoa. Essa carta de princípios é linda, aposto que é o papel higiénico com que um maçon limpa o rabo.

      Ainda não entendeu que o que está aqui em causa é tráfico de influências e subversão do regime democrático? Uma casta de iluminados a decidir o que é melhor para a plebe, não obrigado. Prefiro fazer as minhas escolhas e viver com elas.

      • Ana Moreno says:

        Não acredito em nada, fui ver à net porque não associo essa palavra a nada de concreto na actualidade, ouvi algo nas aulas de história, há dezenas de anos e referindo-se a muito mais anos atrás….

      • Helder P. says:

        Existem na actualidade, posso assegurar e tem membros em todos os principais partidos, não só no PSD. Olhe o Mário Soares e o actual Ministro da Cultura João Soares (por extraordinária coincidência, é filho de Mário Soares!), são maçons assumidos. O Luís Montenegro do PSD é maçon, estamos todos carecas de saber e não assume. Penso que foi ele que andou metido no caso da loja “Mozart” pelo que deve ter rabos de palha em muitos sítios. Entende-se.
        A RTP ainda há poucos meses fez uma reportagem sobre o tema:
        http://www.rtp.pt/noticias/politica/lojas-maconicas-nas-teias-do-poder_v877524

        Não falta material sobre o assunto, é só estar mais atenta.

        • Ana Moreno says:

          Ok, obrigada pelo link, vou informar-me. Ando mais focada nos tratados internacionais que vão reduzir-nos a marionetas, e veja bem, nem é às escondidas nem nada. Só que ninguém se interessa e quando derem por ela será tarde demais.

        • Ana Moreno says:

          Fui ver a reportagem que o Helder me recomendou. Sinceramente não me convenceu por aí além, porque isso de se andar sempre a puxar os cordelinhos e mais as cunhas e os servicinhos acho que é um fenómeno super difundido na sociedade portuguesa (e noutras, claro). O que eu gostava era de saber mais sobre o que andam eles a fazer nessas suas secretas reuniões e porque carga de água é que acham que têm de ser secretas. Porquê??? Algo inconfessável? Qual é o estatuto dessa “entidade” num quadro de democracia? Isso é que gostava que tivessem perguntado ao João Soares.


    • Claro que vale. Ou precisaremos de mais provas de que somos dirigidos por esta gente?

  7. Ana Moreno says:

    É ignorancia, confessei de imediato – e também uma certa reticência em acreditar em conspiracionismos. São então do tipo dos da cientologia? E não se podem proibir? Existem registos públicos? é que enfim, falar assim deles como uma realidade e não serem percepcionados é estranho….

    • Helder P. says:

      Ao contrário doutras seitas, esta já está cá há séculos. No início, até podem ter aderido a esses princípios e dados grandes contributos para a Humanidade. Já aqui foi falado do papel da Maçonaria na fundação dos E.U.A, derrubaram muitas das velhas monarquias da Europa, a nossa incluída.

      A questão é que actualmente, acho que impera o umbiguismo, o nepotismo e o scratch my back and I’ll scratch yours”. Grandes casos de corrupção que volta e meia vem à liça pública, tem a chancela destas sociedades. Ou como diria eloquentemente o nosso PM exilado, estes cavaleiros do avental dedicam-se agora a uma demanda sacro-santa pelo “Pote”.

  8. Ana Moreno says:

    Ah! ok, então são como os do PSD mas só que se escondem e mascaram. Então é estar à coca, saber onde se reúnem e fazer-lhes uma espera no fim, de máquina fotográfica em punho? Era mais giro do que contribuir para estender mais o misterioso manto do seu suposto poder (pode ser que tenham, mas uma pessoa assim fica assustada). Mas isto sou eu que estou longe e gosto de ativismo 🙂

  9. Albuquerque says:

    Este artigo incita uma verdadeira ‘caça as bruxas’, normal de mentecaptos e atrasados mentais. Estudem a história da maçonaria no mundo e em Portugal, e então falem. Não se pode falar com seriedade e credibilidade de algo que se desconhece.


    • Este artigo não incita a nada. Pede apenas transparência. Mentecapto e atrasado mental é o senhor que vem para aqui armado em moralista defender o secretismo destas organizações que manipulam as sociedades. Não me diga que é maçon e ficou ofendido. Ficou? Não lamento.

  10. Alessandro Sangiorgi says:

    E’ impressionante o tamanho da ignorancia a respeito da maçonaria… Disso temos que agradecer Ignacio de Loyola e, em seguida, a igreja catolica, ambos preocupados em perder o controle. Estudem, leiam, basta um google, antes de falar tanta merda.


    • Claro, tudo uma cambada de plebeus ignorantes, incapazes de ver a luz que irradiam as seitas de iluminados instalados em tudo o que é governo e grandes corporações. Vá lá construir umas paredes caro indivíduo!

  11. Ana Moreno says:

    “E quem pensas que está por trás desses tratados como o TTIP Ana?”
    Pois tenho a certeza que são as mais poderosas empresas multinacionais e já me chega esse nível de conhecimento para as combater como posso; e tu portanto achas que além de verem a humanidade como carne para canhão ao serviço dos seus lucros, também professam desígnios secretos? Muito me contas 🙂

  12. luis says:

    Quem lhes deu esse direito foram os traidores que provocaram o 25 de abril. A maçonaria desde o seu grande símbolo, Marques de Pombal, que está presente no poder político português (com relevância), em 1910 provocaram a queda da monarquia e procuravam não só controlar o país mas os planos eram de facto em conjunto com os seus comparsas espanhóis unir a península ibérica, os espanhóis falharam mas a maçonaria portuguesa nem assim se amedrontou fez algumas modificações na bandeira que era pra simbolizar a península ibérica e temos assim a bandeira nacional…. em suma esses fdp sempre estiveram no poder por isso quem melhor que não eles para decidirem quem controla o quê? Enquanto os portugueses se preocupam com os 10 cêntimos de aumento no gasóleo, o preço dos sacos no supermercado, os direitos das moscas e das formigas eles continuaram a mandar e desmandar em Portugal. Para um povo de merda líderes de merda….

  13. Rosa Guimarães says:

    Alguém corra com eles, não! Corramos com eles!

  14. Joel Costa says:

    Num estado democrático que se pretende livre e transparente, estas organizações secretas não fazem qualquer sentido, deviam ser totalmente proibidas.
    Parece que vivemos ainda na idade média.

  15. Ricardo Quina says:

    Organização secreta??? Eu diria antes que se trata de uma organização DISCRETA, que aqueles que, por não terem conhecimento de causa, apelidam de secreta.
    Normalmente, quando não se sabe, inventa-se.

Trackbacks


  1. […] não nos deixemos enganar. O poder da maçonaria continua a ser imenso e os políticos influentes não desapareceram do mapa. A pressão é que poderá ter aumentado […]

Responder a João Mendes Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.