Uma Terra, um Mar.


blue_marble_fuller_br

“Que a Terra fosse toda uma. Que o Mar unisse, já não separasse”. (Fernando Pessoa)

O Dymaxion Map.

Comments

  1. Anónimo says:

    via dragoscópio
    Numa qualquer rua de New York, um gangster qualquer pratica a extorsão sistemática. Está devidamente armado e, inerentemente, autorizado para o efeito. Este emérito cavalheiro jamais tem dívidas: apenas necessidades. De cash, sobretudo. Apenas poderá incorrer no risco de dívida caso surja algum figurão com mais força que ele e capacidade anexa de lhe cobrar os débitos. Ora, este esquema extorsionista foi transposto à escala planetária. No estado actual da arte, os Estados Unidos não têm dívidas: o mundo tem é problemas cada vez maiores.
    É preciso que estados cada vez mais telecomandados se reduzam a esquemas de extorsão, cujo produto final é depois filtrado e aspirado para a Matrix ( filmes à parte, que são invariavelmente, no que a Hollycoiso concerne, uma bela merda e estrito ranho de propaganda!…).

  2. Anónimo says:

    Graças aos EUA, cumpriu-se o desígnio divino: “que a terra fosse toda una”, na bandidagem, na roubalheira, na desumanidade, na injustiça.
    Vendem-no como coisa boa e na ordem natural do mundo.
    Chamam-lhe globalização.

  3. anónimo says:

    A globalização, é a reacção do capital selvagem, multinacional, e imperialista, ao “small is beautiful” defendido por E. F. Schumacher nos anos 70.
    Vale a pena ler e apreender a sabedoria do conceito, a começar aqui
    https://en.wikipedia.org/wiki/Small_Is_Beautiful

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Alterar )

Connecting to %s