Micius, o gato de Schrödinger


Segundo a Academia Chinesa de Ciências, um satélite de comunicação quântica, concebido e fabricado na China e lançado para o Espaço no passado mês de Agosto, entrou ontem oficialmente em funcionamento, depois de quatro meses de testes em órbita.

schrodingers_cat
Micius é o nome de baptismo do satélite, conversão latina de Mozi, também conhecido por Mo Di, um filósofo chinês que viveu entre 470 e 391 a.C., no início do Período dos Reinos Combatentes.
Joseph Needham (1900-1995), cientista, historiador e sinólogo britânico, atribui a Micius uma frase que é percursora da Primeira Lei de Newton:

A cessação do movimento é devida a uma força oposta. Caso essa força oposta não exista, o movimento não cessará. Isto é tão verdade como um boi não ser um cavalo”. Mozi

Micius é o primeiro satélite quântico do mundo e a sua função, segundo as informações oficiais, será a de estabelecer comunicações absolutamente seguras, à prova de intrusão, a uma velocidade superior à da luz.
A Física Quântica estuda componentes básicos do Universo, a uma escala sub-atómica. As minúsculas Partículas comportam-se de modo paradoxal, umas vezes assumindo a qualidade de Matéria (Partícula), outras de Energia (Onda), ou ocupando duas posições distintas no espaço – e/ou no tempo -, simultaneamente. Um dos fenómenos com intensa aplicação no projecto do Micius, é o entrelaçamento quântico, algo difícil – mas não impossível – de ser definido em linguagem humana e que consiste na interdependência profunda de duas entidades fisicamente distintas, sendo que o estado de uma influencia o da outra, mesmo que se encontrem em lugares ou tempos diferentes e distantes.
Na prática, isto significa que o cálculo de operações muito complexas pode ser realizado a uma velocidade superior à da luz. Os investigadores desta área afirmam que o computador quântico resolverá apenas numa fracção de segundo um problema que o mais rápido super-computador do mundo demoraria um século a solucionar. É a diferença entre ter a capacidade de ler simultaneamente o Ulisses, o Guerra e Paz, a Bíblia e a Enciclopédia Luso-Brasileira Verbo, ou ter que os ler, como é normal, um de cada vez.

135612083_14715249061781n

A comunicação quântica possibilita também a encriptação da informação através do uso de chaves quânticas, que são formadas por uma série aleatória de números e “sensíveis” à tentativa de intrusão. Esses números mudam no caso se serem interceptados, provocando a auto-destruição dos conteúdos transmitidos, tornando a comunicação praticamente inviolável.
A tecnologia em causa abre um repertório de aplicações infinito e assemelha-se a algo retirado de um filme ou de um livro de ficção científica. Sabemos, contudo, que a realidade ultrapassa a ficção, em todos os domínios, e que os conhecimentos em causa, embora aparentem uma sofisticação ímpar, têm uma origem milenar, que se perde na bruma dos tempos.

 

Fotografia: Gato de Schrödinger / Internet

Comments

  1. Assuntos sofesticados says:

    Suspeito que alojo um peido quântico chinês.

    Ora está, ora desapareçe, ora é mais acima, ora é mais abaixo.

    Entrelaçou-se com o cagalhão da manhã e não há meio de se ir, nem à velocidade da luz nem coisa nenhuma.

    Até o meu gato me evita.

    Socorro !!!

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s