O erro ético


francois-fillon-admet-que-les-plans-d-economies-de-son-gouvernement-etaient-des-plans-d-austerite

O candidato da direita à presidência francesa, François Fillon, depois de se ter descoberto que tinha beneficiado a sua família no contexto da sua actividade política, veio a público reconhecer o “erro ético” e pedir desculpa aos franceses.

Se fosse por cá, era capaz de vir para os jornais negar tudo, mentir descaradamente, evocar os santos e a virgem Maria. Esconder-se-ia em casa durante duas semanas e depois regressaria sorridente, como se nada se tivesse passado, e até receberia um “prémio de prestígio” qualquer.

A França perdeu muito nos últimos anos, mas pelos vistos não perdeu a vergonha toda.

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    Bruno, é óbvio que se ele queria continuar na corrida presidencial, só poderia tomar esta decisão. A haver bom senso, não havia mais nenhuma saída airosa. Pedir desculpa aos franceses era o mínimo. Caso contrário, seria todos os dias massacrado e vezes sem conta, com mais uma notícia, mais uma insinuação, uma intriga caseira, até ficar completamente chamuscado.
    Ele nem sequer foi original, e percebe-se que foi o seu “Staff” face às reações do eleitorado e às sondagens de Le Pen, a obrigarem-no a tomar esta atitude.
    Hoje, só os candidatos a idiotas dentro da política não percebem isso. Quem anda nesta vida tem de estar limpo. Caso contrário nem vale a pena meter-se, pois será crucificado na primeira escorregadela.

  2. Ana A. says:

    A mim não me comovem as desculpas por “erros éticos”! A falta de ética não é defeito, é feitio….Se não fores apanhado estás a borrifar-te para a ética!

  3. Fillon é filão mas só para os lados da direita que, com o espírito de seita, bem se ajeita. Se fosse por cá? Se fosse…? Por cá foi, e bem pior! Não pôs o grande Cavaco, esse herói mítico do PSD, a indústria, a agricultura e mais apanhasse pela frente, tudo em pantanas? E não o acolitava o jornalismo a ver passarinhos em ilhas desertas? Os franceses são meninos de coro à nossa beira! Nós somos de outra têmpera, o que gostamos é das nódoas negras da Bárbara. Bendito jornalismo que tais leitores instrói!

  4. Anasir says:

    Como se pedir desculpa por um “erro ético” o ilibasse… Quem é que vota num candidato destes?

Trackbacks

  1. […] desculpa, Bruno, mas isto não é muito melhor do que a cara de pau com que alguns distribuem tachos e assobiam […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s