Crime, disseram eles


centenolusa

Segundo relata a comunicação social, o CDS, que foi parte fundamental do anterior governo, ameaçou o actual Ministro das Finanças com uma queixa-crime, por causa do assunto da Caixa Geral de Depósitos. Isto, apenas alguns dias depois de o ex-colega de governo de Paulo Portas, o ex-ministro Álvaro Santos Pereira, ter defendido publicamente a pena de prisão para políticos e banqueiros que cometam fraudes, ao mesmo tempo que acusou o ex-líder do CDS de “traição à Pátria”.

Este estilo escabroso do CDS é uma escola de política e não é um exclusivo, infelizmente, dos jovens conservadores de direita. Sobe das autarquias, infestadas de verdadeiros delinquentes travestidos de gente séria, até ao parlamento, onde os fatos e as gravatas são um pouco mais caros mas, ainda assim, não disfarçam a vulgaridade pungente do corpo em que mal assentam. Há quem diga que o estilo já chegou à Casa Branca.

O senhor Ministro das Finanças não fez carreira política nessa escola de virtudes que são os partidos. Não aprendeu, por isso, os truques velhos que fazem um bom arruaceiro. Desejo que Mário Centeno não venha a ser mais um cidadão competente no seu ofício a ser tragado pelo rio de lama em que se transformou a política partidária portuguesa.

Comments

  1. joão lopes says:

    o que o cds quer,é acabar de vez com a CGD publica…de resto,ninguem sabe o que a dona cristas quer,para alem de revistas cor de rosa,e tal…

    • Que nos livrem de fascistóides engravatados... says:

      Desculpe que diga, o CDS que está inundado de monárquicos que pretendem minar a República para melhor rebentar com ela.
      Esta é a minha opinião e ninguém me diga que não.

  2. Rui Naldinho says:

    Caro Bruno.
    Concordo com quase tudo no seu texto, com excepção do último parágrafo.
    Vá lá, alguma vez tería de discordar de si! Eu que subscrevo quase tudo o que escreve.
    Na verdade, Mário Centeno “não fez carreira política nessa escola de virtudes que são os partidos. Não aprendeu, por isso, os truques velhos que fazem um bom arruaceiro.” Até aí estamos 100% de acordo.
    Mas ao que parece, deve ter quem o queira ensinar, ou quem o pressione a agir da mesma forma que outros agem, na carreira política, e que aqui neste blogue é normal criticarmos.
    Eu também me recuso a passar um atestado de estupidez a António Domingues e àqueles que ele escolheu para formar a sua equipa na CGD. Por muito que deteste a sua forma de agir neste processo.
    Podemos criticar a pouca vergonha desta gente, Domingues e Comp.a, em quererem para si um estatuto diferente dos demais cidadãos. Aliás, no final será isto que ficará para a História. Nada mais será lembrado. Será mais uma manchada na credibilidade das nossas elites.
    Mas daí a achar que o homem é mentiroso e não lhe prometeram nada, no que concerne à privacidade da sua vida financeira e fiscal, aquando da ida para a CGD, eu também não acredito.
    Alguma coisa se passou, para isto estar a acontecer. De uma forma verbal ou escrita, por sms ou e-mail, ou mesmo segredado ao ouvido, recuso-me a passar um atestado de menoridade ao anterior presidente da CGD.
    Ou será que António Costa e Centeno o convidaram sabendo que ele não era certo no caráter?
    Se Mário Centeno se queria comportar de forma diferente dos políticos comuns da nossa praça, então dizia que tinha tentado no plano político e jurídico satisfazer as exigências da equipa de António Domingues, mas que isso não tinha sido possível porque ele e o governo não se podiam sobrepor ao TC.
    Será que isso é assim tão difícil de engolir?

    • joão lopes says:

      é obvio e justo,que o Domingues não queira ter um drone do CM a rondar-lhe a casa,e como o governo não manda no CM(e bem),como é que se faz,então? já sei,convida-se o otavio ribeiro,ou o david dinid,ou saraiva arquitecto para ministro das finanças…ah,ah,ah

    • Anti-pafioso says:

      Para vidente não te falta nada , deve de ser leitor do Sol e do cm.

  3. Anti-pafioso says:

    O CDS / PSD mostram o que são actualmente , Pidescos reaccionários, parasitas e chulos , meninos mimados que deviam de ter levado nos cornos sempre que aparecessem drogados em casa .

Trackbacks

  1. […] Defendi aqui Mário Centeno das atoardas que envolviam já queixa-crime e outras originalidades plenas de coerência política, como é timbre, aliás, do irrevogável CDS. Se o Ministro das Finanças não mentiu, deve encerrar-se o assunto e seguir em frente. Mas se mentiu, deve sair. Um alto responsável público não pode mentir. […]

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s