Cativar ambulâncias para cumprir o défice ou o regresso da TINA

As ambulâncias do INEM vão deixar de funcionar entre a meia-noite e as oito da manhã em oito concelhos do país. Este é o tipo de medida que fez da governação anterior, PSD/CDS, uma experiência ignóbil. Alcançar metas milagrosas do défice à custa dos mesmos, para tal usando os mesmos métodos e as mesmas opções políticas da “direita além da troika”, não augura nada de bom ao estado de graça da Geringonça. Parece que as pilhas estão a chegar ao fim.


 

Comments


  1. Parece que a noticia do Blog Observador é mentirosa.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.