Marés Vivas: autarca de Gaia aprovou urbanização que agora critica


Segundo Luís Filipe Menezes, Eduardo Vítor Rodrigues votou favoravelmente a obra que agora critica.

A zona onde até agora se tem realizado o Festival Marés Vivas, um dos mais concorridos festivais de música do país, será ocupada por um “festival de prédios”, obrigando o Marés Vivas a mudar de local. A zona verá nascer um “comboio urbanístico de oito edifícios” a construir mesmo em cima do rio Douro e a curta distância da Reserva Natural do Estuário.

O actual presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, disse ao jornal Expresso que iria “instalar no local um outdoor gigante” responsabilizando Luís Filipe Menezes pelo licenciamento da obra. Este licenciamento, datado de 2008, é classificado por Eduardo Vítor Rodrigues como uma “pouca vergonha”. Acontece que essa “pouca vergonha” faz parte do PDM da Câmara de Gaia que o próprio Eduardo Vítor Rodrigues, actual presidente, votou favoravelmente quando ainda era vereador. Esta informação é avançada pelo anterior presidente de Câmara, Luís Filipe Menezes, num longo texto publicado nas redes sociais, no qual acusa o actual presidente de ser um “mentiroso sem vergonha”.

Aguarda-se, aliás, que Eduardo Vítor Rodrigues, tão lesto a usar recursos públicos para processar judicialmente quem dele discorda, anuncie a habitual queixa-crime contra Luís Filipe Menezes. Ou será que Vítor Rodrigues é forte quando julga que os outros são mais fracos do que ele e um encolhido quando a sombra da torre o assusta? Será que Vítor Rodrigues, que usa as redes sociais para tentar assassinatos de carácter, tem medo de as usar para responder a Luís Filipe Menezes, de quem se disse “legítimo herdeiro”? A resposta é evidente. Eduardo Vítor Rodrigues não tem medo de Luís Filipe Menezes. Tem pavor. Treme só de ouvir o seu nome.

Para integral esclarecimento da população, seria importante que a Câmara de Gaia tornasse pública a acta da reunião de Câmara que aprovou o dito PDM, o qual prevê a possibilidade de construção na zona do Marés Vivas, para que pudesse ser confirmado o sentido de voto do então vereador e actual presidente, Eduardo Vítor Rodrigues, e melhor avaliado o seu verdadeiro carácter.

Comments

  1. Konigvs says:

    Só li até à parte de “Menezes acusa presidente da câmara de Gaia de ser mentiroso sem vergonha”…

  2. Afinal trata-se apenas do PS, no seu melhor. O bloco central de interesses a funcionar em pleno. PS/PSD a mesma luta, ou seja a mesma merda.

  3. Mas o que é que fizemos para merecer estes medíocres?? Que tipo de interesse poderia autorizar a construção de Torres de habitação naquele local??

    Quem arrasar com este projecto ganha as eleições, que se movimente a cidadania…

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s