Visão das “campanhas sujas” de Gaia


A reportagem da revista Visão publicada há alguns dias sobre as “Campanhas Sujas” da política, todas elas a norte e a principal das quais em Gaia, tem alguns pontos de interesse, apesar de a maior parte da informação publicada já ser conhecida e até já ter sido analisada pelas autoridades judiciais.

Mas há algumas novidades na peça jornalística que importa assinalar.

A primeira novidade é o aparecimento em cena de um grande grupo empresarial chamado Trivalor, dono de empresas como a Gertal, cujo negócio principal é o fornecimento de refeições escolares. Ou como a Strong, que se dedica à Segurança Privada. A Visão diz que a Trivalor terá financiado campanhas eleitorais do PSD e do PS. O que a Visão não diz é que a Gertal fez o maior contrato de todos os que constam do Portal Base com a Câmara de Gaia, num valor superior a 12 milhões de euros, no ano de 2015, já Eduardo Vitor Rodrigues era presidente de Câmara havia cerca de dois anos. Também não diz que a Strong, empresa do mesmo grupo, “ganhou”, no mesmo ano, o concurso para fornecimento de serviços de segurança à autarquia, destronando uma empresa concorrente que prestava esse serviço há vários anos.

Outra das informações ausentes da investigação jornalística prende-se com a empresa municipal Gaianima, um alegado poço de corrupção cujo julgamento em tribunal terá início em meados deste mês, a poucos dias das eleições autárquicas. A reportagem não diz que dois dos ex-administradores dessa empresa municipal, então militantes do PSD, fazem agora parte da lista de recandidatura de Eduardo Vitor Rodrigues à Câmara, ocupando os lugares cimeiros. E sobre as provas desse mesmo processo judicial, guardadas em instalações municipais, mas destruídas por água à temperatura exacta de 80 graus, também nem uma palavra. Estas omissões são compreensíveis, pelo menos à luz da necessidade de uma boa gestão do espaço de publicação em papel couché, numa peça que ocupa vinte e uma páginas e tem largos milhares de caracteres.

Embora coloque no “olho do furacão” das “campanhas sujas” o ex-Secretário de Estado da Segurança Social, o Dr. Agostinho Branquinho, muito próximo do Dr. Marco António Costa, nada diz sobre a presença desse ex-governante na cerimónia de tomada de posse dos órgãos sociais da IPSS fundada por Vítor Rodrigues, actual presidente da Câmara, IPSS onde pontificam familiares e assessores do autarca de Gaia, conforme o jornal PÚBLICO noticiou com detalhe. Talvez não seja uma “coincidência” relevante, do ponto de vista da investigação, mas fica a nota, pois o assunto deu origem a uma investigação do Ministério Público cujo resultado ainda se não conhece publicamente.

Eduardo Vítor Rodrigues entregando a Medalha de Mérito Municipal ao Dr. Marco António Costa. Imagem retirada da internet.

Sobre o próprio “furacão”, o Dr. Marco António Costa, tantas vezes nomeado na reportagem, nada se diz acerca da Medalha de Mérito Municipal, grau Ouro, que recebeu das mãos do actual presidente “socialista”, Eduardo Vitor Rodrigues, depois das duríssimas críticas à sua gestão autárquica e à alegada dívida que terá deixado a Câmara “na falência”.

Outro detalhe interessante é o aparecimento, apenas na versão online da reportagem, de uma personagem que é aí apresentada como um misterioso “assessor” do Dr. Marco António Costa. O que a notícia não diz, mais uma vez, é que esse “assessor” chefiou o Gabinete de Comunicação e Imagem da Câmara de Gaia sob a presidência de Eduardo Vitor Rodrigues durante o mandato que agora termina.

Finalmente, há que assinalar que, de todos os personagens que evoluem neste palco pouco recomendável em que se transformou a Câmara de Gaia e que a revista Visão procura descrever, o único que foi constituído Arguido e está sob Termo de Identidade e Residência é precisamente o actual presidente de Câmara, Eduardo Vítor Rodrigues. Curiosamente não é nomeado na peça jornalística.

Comments

  1. E o burro sou eu. says:

    Conclusão:
    Tudo boa gente como na minha aldeia…

  2. Ferpin says:

    Um gaiense que vote no Vítor do PS ou nos Gajos do PSD e CDs, merece tudo o que lhe acontecer, porque é uma besta que escolhe uma malta metida nessa teia.

Deixar um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s