O Tributo

A pesca do Leviatã com a vara dos sete elementos da tribo de Jessé, tendo por isco o crucifixo.Herrad Von Landsberg, Hortus delicarum (c.1180)

A propriedade do súbdito não exclui o domínio do soberano, mas apenas o de outros súbditos.
T. Hobbes, Leviatã

Em teoria, as pessoas pagam impostos para financiar o funcionamento do Estado e assegurar os serviços públicos que ele presta. Mas se o Estado presta cada vez menos serviços, por que motivo continuam as pessoas a pagar (cada vez mais) impostos?

Parece um paradoxo, mas na realidade não é.

É que as pessoas não pagam impostos. Pagam um tributo (Autoridade Tributária) ao Soberano que, por sua vez, detém e domina o Estado. Esse Soberano é uma elite de cidadãos à qual não se aplicam as regras do Estado de Direito Democrático, pois está acima dele, dos seus poderes e das suas instituições.

Ninguém, com efeito, pode alguma vez transferir para outrem a sua potência e, consequentemente, o seu direito, a ponto de deixar de ser um homem. Nem tão pouco haverá soberano algum que possa fazer tudo aquilo que quer.
B. de Espinosa, TT-P

Comments

  1. Paulo Marques says:

  2. Muito bem

  3. ganda nóia says:

    lol. porque os privados mais poderosos conseguem criar um estado de coisas para sabotar o estado, instrumentalizando os orgaos de soberania. com a ajuda dos delirantes como o bruno, o almeida e etc.


  4. “O Estado é a forma como uns poucos se organizam para viver à custa de muitos”. Eu, hoje, dia 09 de Janeiro de 2018.

  5. antero seguro says:

    A verdade, nua e crua. O Estado tal como fazia sentido existir. Já não existe.


  6. tragiversões de uns palermas que sempre utilizão a disrupção.

Deixar uma resposta