Obama vai ou vem?

O Expresso, que é um jornal publicado num país estrangeiro qualquer, diz que Obama “vai ao Porto”. O Jornal de Notícias, que é um jornal publicado em Portugal, diz que Obama vem ao Porto, que é uma cidade portuguesa. Quem fala verdade?

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    Acho que ambos têm razão.
    O EXPRESSO, conhecido semanário da “Mouraria”, esse tal país mais a Sul, e do qual Dijsselbloem dizia gostarem de vinho e mulheres, governado por “lampiões e lagartos”, acha que o Porto faz parte de um outro País, um pouco mais a Norte, a “Bimbaria”. Este último é habitado predominantemente por “Bimbos, Andrades e até alguns Morcões”.
    Com este enquadramento sócio cultural, visto de Sul, eu também diria que:
    “Obama vai ao Porto”.
    Visto cá de cima, a Norte do Mondego, o tal rio que separa o povo Mouro do povo Celta, eu acho que:
    “Obama vem ao Porto”.
    Mas eu só conheço duas pessoas capazes de esclarecer isto, em definitivo esta dúvida. Um tal de Senhor Valada, no que concerne ao verbo, e um tal de Puigdemont no que ao nacionalismo diz respeito.

    • Rui Naldinho says:

      “Mas eu só conheço duas pessoas capazes de esclarecer isto. Um tal de Senhor Valada, no que concerne ao verbo, e um tal de Puigdemont, no que ao nacionalismo diz respeito.”

    • Fernando Manuel Rodrigues says:

      Permita-me a correcção: “Mas eu só conheço duas pessoas capazes de esclarecer isto. Um tal Senhor Valada, no que concerne ao verbo, e um tal Puigdemont no que ao nacionalismo diz respeito.”.

      A preposição “de” antes dos sujeitos é um “brasileirismo” que não faz sentido em português de Portugal. Nem faz falta, tão pouco.

  2. .?.?. says:

    O que para aí vai de bairrismos por causa da merda do Espesso!

  3. Bento Caeiro says:

    Mas Obama indo-se, vindo-se, ou estando-se, pelo que sei vem ensinar aos estúpidos Portos-Calenses – tal como o Al Gore (Será sunita ou shiita?) descobriu e amplamente divulgou – essa coisa do ambiente.
    Como todos nós sabemos – porque isto temos de saber – os americanos é que percebem disto, aliás como grandes defensores da causa e nada poluidores.
    Mas eu perguntaria a quem vai buscar esta gente – pertencente a um dos países mais poluidores – se acha que nós, os do Porto, de Lisboa, de Beja de Portimão, ou do raio-que-nos-parta, temos alguma coisa a aprender com esta gente.
    Por isso, eu gostaria mais de dizer: foi-se, abalou e vá ensinar ambiente para a sua terra.

  4. Jerónimo says:

    Trol o JN é do Porto ò meu, Santa Ignorância!!!!! Portanto nem é vem nem vai, é OBAMA BEM AO PORTO!

Responder a Fernando Manuel Rodrigues Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.