Les Uns et les Autres

A Direcção Nacional do Partido Socialista coloca em prática a estratégia política que muito bem entende, mandatada e legitimada que está, para o fazer, pelos órgãos próprios do partido. Pode, além disso, mudar de estratégia, tal como ficou bem visível na sequência das recentes declarações públicas de altos responsáveis do PS que, directa ou indirectamente, se referiam a um ex-Secretário-Geral do partido e ex-Primeiro-Ministro de Portugal, declarações essas que levaram o visado, o Engenheiro José Sócrates, a anunciar a sua desfiliação do Partido Socialista.

Independentemente das razões de fundo, ou de circunstância, que conduziram a Direcção do PS a esta tomada de posição, há algo que se tornou imprescindível daqui em diante. O Partido Socialista tem o dever de aplicar os mesmos critérios, os mesmos procedimentos e a mesma posição de princípio, sobre militantes seus que ocupem cargos de alta responsabilidade política, quer em estruturas internas do próprio partido, como é o caso do seu Secretariado Nacional, quer nas Autarquias, na Administração Pública ou no Governo, e que estejam a ser objecto, directo ou indirecto, de investigação criminal, sobre os seus actos de gestão, por parte das autoridades judiciais.

Não pode subsistir a ideia de que o Partido Socialista só bate em quem já está no chão.

Comments

  1. Rui Naldinho says:

    “Não pode subsistir a ideia de que o Partido Socialista só bate em quem já está no chão.”

    Se a política fosse outro “desporto” que não aquele que é, esse seu raciocínio faria todo o sentido. Sendo a política aquilo que sempre foi, desprovida de ética, decoro, e mais alguns adjectivos que me escuso enunciar, a questão por si colocada soa a um brado no deserto.


  2. …e de que maneira isso é verdade que dói, Rui Naldinho !

    Obrigada por mais esta estocada valente a divulgar, Bruno Santos !

  3. Bento Caeiro says:

    “O Partido Socialista tem o dever de aplicar os mesmos critérios, os mesmos procedimentos e a mesma posição de princípio, sobre militantes seus…”

    Sócrates e outros que tais são consequência e também causas futuras dos mesmos comportamentos, porque, para além disso, têm as instituições como uma forma de se promoverem e darem largas às suas ambições.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.