Exame Nacional de Português | 12º Ano | 2018

Não seria desengraçado ver os Conselheiros de Estado a descalçar esta bota:

 

 

Comments

  1. Paulo Marques says:

    Já Fernando Pessoa ansiava pela reforma do Euro? Ganda profeta, meu!

    Já agora, o terceiro texto também explica porque é que não vai haver inteligência artificial tão cedo, a linguagem é uma confusão.

  2. Fernando Manuel Rodrigues says:

    Não deixa de ser irónica a presença dos dois excertos poéticos presentes no Grupo III, onde se celebra o poder das palavras, num enunciado e num Gabinete de um governo que defende o “Aborto Ortográfico”.

  3. Bruno Santos says:

    De qualquer forma, este Exame parece-me um documento notável.


  4. Aqui está um post que, com o Artigo 13, em breve se tornará impossível publicar.

  5. Luís Lavoura says:

    Que horror. É uma barbaridade obrigar-se os jovens de hoje, incluindo aqueles que só se interessam por coisas práticas como matemática, física ou informática, a terem que aprender estas inutilidades todas!!!

Responder a Bruno Santos Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: