A política como dejecção moral

Num miserável e infame Despacho de Acusação, digno da mais persecutória polícia política, a Comissão Federativa de Jurisdição da Federação Distrital do Porto do Partido Socialista, Federação cujo vice-presidente é o actual presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, acaba de propor, como eu já aqui tinha antecipado, a minha expulsão do PS.

Uma das acusações infames nas quais a Comissão Federativa de Jurisdição baseia essa sentença de expulsão, é a de eu ter sido um “agente comercial” ao serviço da República Popular da China, enquanto exerci funções na Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia.

Dada a natureza torpe do insulto, e o facto de ele atingir também a dignidade e a honorabilidade de um dos principais parceiros estratégicos de Portugal, remeterei ainda hoje uma cópia deste Despacho de Acusação ao senhor Embaixador da República Popular da China em Portugal e ao senhor Ministro dos Negócios Estrangeiros, para os efeitos que tiverem por convenientes.

Entretanto, seguem-se uma ou outra informação sobre o trabalho que levei a cabo na Câmara de Gaia, no âmbito das relações bilaterais entre Portugal e a República Popular da China:

Recepção à Comitiva Oficial de Jiangxi (RPC) pelo Vice-Presidente da Câmara de Gaia, Patrocínio Azevedo

Festejos do Ano Novo Chinês no Casino da Póvoa. Na imagem, o Presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues. Imagem ©CCTV Portugal.pt

Semana Cultural da China em Vila Nova de Gaia. Recepção a Liu Yunshan, membro da Comissão Permanente do Politburo do Partido Comunista Chinês. Na imagem: Liu Yunshan, Maria de Belém Roseira (Presidente do Partido Socialista), Albino Almeida (Presidente da Assembleia Municipal de Vila Nova de Gaia)

Circo Acrobático de Hunan. Pavilhão Municipal de Vila Nova de Gaia. Na imagem: Patrocínio Azevedo (Vice-Presidente da Câmara de Gaia), Mercês Ferreira (Vereadora), Elisa Cidade (Vereadora), a Administração da empresa municipal Águas de Gaia

Semana Cultural da China em Vila Nova de Gaia. Recepção a Liu Yunshan, membro da Comissão Permanente do Politburo do Partido Comunista Chinês. Na imagem: Liu Yunshan, Maria de Belém Roseira (Presidente do Partido Socialista), Albino Almeida (Presidente da Assembleia Municipal de Vila Nova de Gaia), Eduardo Vítor Rodrigues (Presidente da Câmara de Gaia)

Entrega de galardões da Liga dos Chineses em Portugal. Casino da Póvoa. Na imagem: Eduardo Vítor Rodrigues (Presidente da Câmara de Gaia), galardoado com o prémio da Cooperação Bilateral. No uso da palavra: Vitalino Canas. Imagem © CCTV, Portugal.pt

Auditório Municipal de Vila Nova de Gaia. Concerto ZHEJIANG SONG & DANCE THEATRE COMPANY (RPC).

Semana Cultural da China em Vila Nova de Gaia. Recepção a Liu Yunshan, membro da Comissão Permanente do Politburo do Partido Comunista Chinês. Na imagem: Senhor Embaixador da República Popular da China em Portugal, Maria de Belém Roseira (Presidente do Partido Socialista), Eduardo Vítor Rodrigues (Presidente da Câmara de Gaia)

Conferência sobre os 35 Anos de Relações Diplomáticas entre Portugal e a República Popular da China. Intervenção do Reitor da Universidade do Porto, Professor Marques dos Santos

Conferência sobre os 35 Anos de Relações Diplomáticas entre Portugal e a República Popular da China. Professor Adriano Moreira.

Assinatura do Protocolo (Carta de Intenção) entre Vila Nova de Gaia e a cidade de Jingdezhen, capital chinesa da Porcelana. na imagem: Patrocínio Azevedo, Vice-Presidente da Câmara de Gaia, Albino Almeida, Presidente da Assembleia Municipal e o Presidente da Câmara de Jingdezhen (RPC)

Acrobatas de Hunan (RPC). Pavilhão Municipal da Lavandeira. Cerca de 4.000 pessoas assistiram, gratuitamente, a um espectáculo único.

Entrega de galardões da Liga dos Chineses em Portugal. Casino da Póvoa. Na imagem: Eduardo Vítor Rodrigues (Presidente da Câmara de Gaia), galardoado com o prémio da Cooperação Bilateral, e António Costa, actual Primeiro-Ministro de Portugal

Visita da Delegação de Jingdezhen (RPC) à Fábrica de Cerâmica Valadares, em Vila Nova de Gaia

Semana Cultural da China em Vila Nova de Gaia. Recepção a Liu Yunshan, membro da Comissão Permanente do Politburo do Partido Comunista Chinês. Na imagem: Liu Yunshan e Eduardo Vítor Rodrigues (Presidente da Câmara de Gaia), na Casa Museu Teixeira Lopes, inaugurando a exposição de Instrumentos Musicais chineses. Imagem: News.CN

Primeira página do Protocolo entre o Instituto Confúcio da Universidade de Aveiro e a Câmara de Gaia para o ensino gratuito do Mandarim nas escolas do Concelho. Este Protocolo não chegou a ser assinado nem implementado, por opção do presidente da Câmara de Gaia

Letter of Intent (Carta de Intenção), assinada entre o Município de Vila Nova de Gaia e a cidade de Jingdezhen, capital chinesa da Porcelana

Carta de Agradecimento da Embaixada da República Popular da China em Portugal

Comments

  1. Mário Reis says:

    Bruno vê-se a olho nú a agência…
    Uns tristes!

  2. JgMenos says:

    ‘Quem se mete com o PS, leva’

    A ideologia do poder…

    • ZE LOPES says:

      Salvo erro, estou a reconhecer a origem desta frase! Está naquele conto infantil de grande sucesso, escrito por V. Exa, “O Coelhinho Mau e o Coelhinho Bom”. Esta frase é do Mau, ao que o Bom retorquiu: “Nem tudo é mau em ti, Coelhinho Mau. A EDP meteu-se convosco e levou! Levou uns CMECs de que muito gostaram. Agora meteram-se connosco e vão levar mais alguns. Estás a ver? Quem se mete com o PPD/PSD também leva!”.

      Ficaram então muito felizes os três coelhinhos: o Mau e o Bom e o Mexialhão.

      • ZE LOPES says:

        Reta-me acrescentar, para informação dos nossos leitores que o seu livrinho já é um “best-seller” na China. Está em segundo lugar no top de vendas, logo a seguir às “Obras Escolhidas de Mao Zedong”, que está no primeiro lugar desde 1949.

  3. Ana A. says:

    O “defeito” do Bruno Santos é não ser pastor de um rebanho!
    Se fosse presidente de Câmara dificilmente proporiam a sua expulsão. É que os votos pesam muuuuuito….

  4. Ernesto Martins Vaz Ribeiro says:

    Pelas imagens parece que o actual presidente da Câmara é cúmplice na acusação que lhe faz e que transcrevo :“agente comercial” ao serviço da República Popular da China.

    Portanto para tão preconceituoso partido, se calhar vão ser duas as expulsões …

    As estruturas do PS comportam-se à Estado Novo e como não têm PIDE eles fazem esse papel.

    Lamentável.

Trackbacks


  1. […] sabe, estou suspenso da condição de militante do PS, na sequência de um processo/conspiração disciplinar com vista à minha expulsão do partido, […]

Responder a Ernesto Martins Vaz Ribeiro Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.