Os processos judiciais do autarca de Gaia

Imagem: Público

Numa entrevista de três páginas dada ao prestigiado semanário “Sol” e publicada este fim de semana, o actual presidente da Câmara de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, um “professor universitário” que acumula um conjunto impressionante de cargos políticos (a presidência da Câmara de Gaia, da Assembleia Geral da Turismo Porto e Norte, da Área Metropolitana do Porto, a vice-presidência da Federação Distrital do Porto do Partido Socialista, etc.), volta a tecer comentários sobre a minha passagem pela Câmara Municipal de Gaia. Nesses comentários, o autarca afirma, entre outras coisas, que a sua “actividade na Câmara foi de absoluta lisura”.

Sem prejuízo da presunção da sua inocência até sentença judicial transitada em julgado, Vítor Rodrigues deve duas ou três explicações sobre esse assunto. A primeira delas é sobre os processos judiciais que corriam termos, à data de Maio de 2018, nas instâncias judiciais da República e nos quais é visado como Arguido ou Suspeito. A saber:

    1. Suspeito: Processo 483…/17, 12ª Secção do DIAP – Porto. (Corrupção e afins)
    2. Arguido: Crime de Peculato. Processo 190…/18, DIAP de Gaia.
    3. Arguido: Crime de Violação dos deveres de neutralidade e imparcialidade. Processo 608…/17, DIAP de Gaia
    4. Arguido: Crime de Injúria. Processo 111…/17, DIAP de Gaia
    5. Arguido: Crime de Difamação. Processo 543…/16, DIAP de Gaia
    6. Arguido: Crime de Ofensa a pessoa colectiva, organismo ou serviço. Processo 225…/16, DIAP de Gaia.

Além disto, Vítor Rodrigues deveria esclarecer se outros processos tiveram entretanto início contra si e se em algum deles está em causa a eventual perda de mandato autárquico.

Comments

  1. Jose Antonio Costa says:

    Por onde andavas no tempo da dupla Luís Filipe MenezesMenezes/Marco António Costa?

    • Paulo Marques says:

      Sobre o LFM não sei, mas o MAC foi o que levou à cisão do Bruno com o PS… está tudo cá.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: