A Câmara de Gaia e a Turismo Porto e Norte de Portugal

Equipamento “Tomi” em frente à Câmara de Gaia (Casa da Presidência).

Duas das empresas visadas no processo judicial que envolve a Turismo Porto e Norte de Portugal, que levou já à detenção do presidente da direcção daquela entidade pública, assim como à demissão do presidente da Assembleia Geral – o presidente da Câmara de Gaia -, são a Tomi World e a Media 360, ambas pertencentes ao mesmo empresário.

Estas duas empresas fizeram contratos com a Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia no valor total de 141.782,10 euros, sendo que um desses contratos, no valor de 48.806,40 euros, foi assinado cerca de um mês e meio antes de Eduardo Vítor Rodrigues, o presidente da Câmara de Gaia, ter sido eleito presidente da Assembleia Geral da Turismo Porto e Norte, cargo do qual agora se demitiu.

Contrato de 19 de Abril de 2018, entre a Câmara de Gaia e a Tomi World (Tomi Portugal).

Contrato de 19 de Abril de 2018, entre a Câmara de Gaia e a Tomi World (Tomi Portugal).

Comments

  1. Jaime Ribeiro Silva says:

    Estes jagunços tem de ser presos!!!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.