O logro do Passe Único na Área Metropolitana do Porto

A promessa do Passe Único na Área Metropolitana do Porto ameaça ser um verdadeiro logro eleitoralista e uma gritante injustiça face ao que se encontra previsto para a Área Metropolitana de Lisboa. Estranho é não se ouvirem as vozes regionalistas do costume, clamando pela coesão territorial. Ou talvez não seja estranho, uma vez que não parece haver “verbas” para distribuir pela clientela. Apenas povo a pagar.

Compare-se aquilo que foi anunciado, através do jornal Expresso, em Outubro de 2018, com o que agora se prepara para ser concretizado, segundo anunciou a TSF ainda este mês [Imagens abaixo]. Trata-se não apenas de um logro, mas de uma injustiça que mais uma vez é cometida sobre os “periféricos”, cujo poder eleitoral é diminuto.

Jornal Expresso. 17/10/2018

 

TSF. 15/03/2019

TSF. 15/03/2019

Comments

  1. Angela P says:

    É de aplaudir a ampliação do passe social defendida por um dos parceiros da geringonça (vem com mais de uma década de atraso sucessivamente chumbadas na AR ) justamente alargado a portugueses de outras regiões do país, cujos preços de transportes tiveram aumentos significativos mesmo com rendimentos baixos.
    Mas quando toca a aplicar as medidas, é quem mais foge com o rabo à seringa… Fossem outros a querer espetar e não faltava no governo e no PS quem arriasse as calças…
    Falta ver mais intervenção pública de oferta em quantidade e qualidade do sector dos transportes, em substituição do transporte individual mais poluente e mais caro quer em termos individuais quer do país e garantir o passe família o mais breve possível

  2. JgMenos says:

    Veremos se, no mínimo, verificam que os membros do passe família tomam o transporte de início de dia na mesma zona. Com tanta gente a não declarar IRS espero que não seja a Junta de Freguesia a declarar o agregado.

    Mais um pontapé na austeridade, atirando-a para outro lado qualquer.

    • Paulo Marques says:

      Antes fosse, mas a austeridade é permanente, isto são paliativos para enganar “progressistas” “responsáveis”.

    • ZE LOPES says:

      “Veremos se, no mínimo, verificam que os membros do passe família tomam o transporte de início de dia na mesma zona”.

      Então e o regresso? Não deve terminar também na mesma zona e à mesma hora como faz uma família decente, daquelas que declara IRS? Numa família que se preze não há lugar para tresmalhos!

Trackbacks


  1. […] foi aqui devidamente esclarecido,a introdução do Passe Único na Área Metropolitana do Porto está muito longe daquilo que foi […]

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.