Glória ao vencedor

O Povo que o tal Comendador alegadamente gozou está em festa no Marquês. A Comissão celebra com malte e um robusto no Bairro Alto. O Infante, na Ribeira, está sujo de vermelho.

Comments

  1. Paulo Marques says:

    Os árbitros estão no Marquês?

  2. Dragartomaspouco says:

    Que má disposição que eu tenho hoje.
    Não sei do que é, mas curiosamente apareceu-me a partir das 20H00 da noite.
    Alguém tem uma pastilha Rennie que me mande pela Internet ?
    Ficaria muito agradecido

    • Paulo Marques says:

      Lol. Ficar com azia ontem é a mesma coisa que ficar com azia com o Berardo ou o Costa o último mês, já estava tudo tão decido à tanto tempo que só surpreende quem quer.
      Quem tivesse a prestar atenção já estava à espera dos buracos nas pernas de equipas como o Nacional (valeu-lhes de muito) e de regras alternativas como contra o Portimonense.

  3. Rui Naldinho says:

    Glória aos vencedores, sim senhor.
    Por que não?
    Tivesse o F C Porto ganho o seu jogo em casa, com o rival Benfica, e não empatado no Rio Ave, e tudo seria diferente.
    Arranjar bodes expiatórios, tal como no ano passado, mas ao contrário, só serve para se engarem a eles próprios.
    Mas não esmoreceis com tamanhas façanhas. Virá o tempo em que tudo isto não passará de uma zanga entre arrumadores de carros, num quaquer estacionamento público.
    A financeirização do futebol há muito que entrou em velocidade de cruzeiro. Acabará inevitavelmente por matar o futebol, tal como o conhecemos no passado. Por estes dias, mais ano menos ano, teremos uma espécie de Liga milionária, onde clubes como os cá da terra, mesmo os maiores, ficarão reduzidos à sua insignificância, diante de gigantes financeiros como o Real, Barça, Liverpool, B. Munich, Juventus, Milão, Inter, Chelsea, Manchester, etc.
    Preparem-se pois para um tempo em seremos remetidos no futebol, ao mesmo patamar que hoje temos na nossa economia. Ou seja:
    Eles mandam e a gente cumpre. Sem pestanejar!

    • Paulo Marques says:

      Isso já é verdade há muito, mesmo quando são melhores e ganham facilmente, há sempre decisões que ninguém percebe só para não haver risco de outra final Porto-Braga.

    • Mário Reis says:

      Subscrevo. Parece haver uma angustia de existir e em arranjar culpados para o que como idealizamos. É uma forma de intolerância que penosa e irracionalmente invade muitos de nós. O futebol é um atalho excelente para a preguiça e não procurar explicações e para o resto…
      Surpreendeu no entanto a mensagem de Bruno Lage, porque destoa do habitual ao dizer perante milhares de pessoas que é preciso “perceber que o futebol é apenas o futebol” e que “há coisas mais importantes na nossa sociedade e no nosso país pelas quais temos que lutar”. “Se vocês se unirem e tiverem a força e a exigência que têm com o futebol nos outros aspetos do nosso Portugal, da nossa economia, da nossa saúde, da nossa educação, vamos ser um país melhor”, apontou Bruno Lage.
      São apenas palavras, mas que são uma pedrada no charco da alienação e indiferença, lá isso são.

      • Carlos Almeida says:

        “Surpreendeu no entanto a mensagem de Bruno Lage, porque destoa do habitual ao dizer perante milhares de pessoas que é preciso “perceber que o futebol é apenas o futebol” e que “há coisas mais importantes na nossa sociedade e no nosso país pelas quais temos que lutar”

        Completamente de acordo. E isso quer dizer que o Bruno Lage não é apenas um bom treinador de futebol, é um condutor de homens e muito mais do que isso.
        Se calhar o patrão “orelhas”, não terá gostado muito da frase do Bruno. Veremos depois

      • Paulo Marques says:

        «Se vocês se unirem e tiverem a força e a exigência que têm com o futebol nos outros aspetos do nosso Portugal,»

        O problema é que têm mesmo – desde que o clube certo ganhe, as mentiras, crimes e falcatruas que se lixem.

        • Dragartomaspouco says:

          Estás a pensar no apito dourado, claro está.

          Por acaso os vídeos com as conversas do gansgster do viagra, davam para prender 20 ou 30 dos mafiosos, mas é claro, não foram admitidos como provas.
          Nem sequer a “Madame Reinalda”, que geria a casa de meninas na 5 de Outubro e onde iam como convidados VIP alguns dos “árbitros amigos”, foi incomodada.
          Tirando aquela viagem relâmpago a Vigo do gangster da viagra, aconselhado por um amigo da “bata preta”, não se passou nada.

          O golpe do Rui Pinto, também não está a correr bem.
          Pode ser que ele ainda diga alguma coisa interessante, como por exemplo quem foi o financiador, etc.
          Ainda me vou rir muito por causa disso.
          O gangster do viagra está acabado, mas quanto mais tempo lá ficar melhor.

          • Paulo Marques says:

            Pode ser que alguém explique como é que se oferece 60000€ para um jogador perder um jogo, como é que a droga passa pelo estádio, como é que se passa os detalhes pessoais dos árbitros directamente da FPF para as claques, como é que qualquer um entra no Citius, como é que a polícia recebe ordens do benfica, como é que há claques não registadas que matam pessoas sem se passar nada…
            Coisas do futebol, né?


  4. foi um serviço de qualidade de padres, meninos queridos e toupeiras. Interessa ganhar, quem tem ética e segue as regras passa fome.

  5. Julio Rolo Santos says:

    Parabéns aos benfiquistas mas eu não alinho nesse campeonato por ser pouco instrutivo e dar milhões aos seus aproveitadores. Há quem se esforce mais e ganhe muitíssimo menos.