Financiamento do Cavaco

Ministério Público investiga alegado esquema do BES para financiar reeleição de Cavaco em 2011. Não esquecer, em 2006 foi o mesmo.

Comments

  1. Carlos Almeida says:

    Não acredito.!
    O homem que dizia que ainda estava para nascer quem fosse mais honesto do que ele, ou coisa semelhante.
    Não posso crer. !
    Mas para um sujeito que disse que nunca se enganava e raramente tinha duvida, está tudo explicado.
    Mas a “imprensa controlada pela esquerda”, vai falar nisso uma semana e depois volta às idas dos jogadores para aqui ou para ali e outras coisas importantes que o povinho gosta.
    Aguardam-se os comentários dos liberais do costume


  2. .”… os comentários dos liberais do costume”, Carlos Almeida ?

    ! estão na toca e nem chiam, calados como ratos, como sói dizer-se ; )


  3. ” Qualquer semelhança com a coincidência”… / in / Imp. Falsa :

    Financiamento da campanha: Cavaco encomenda 200 kg de bolo rei para não conseguir responder às suspeitas do Ministério Público

    Por Zé Pedro Silva –
    05/07/2019

    O ex-presidente da República esteve esta manhã numa pastelaria para encomendar 200 kg de bolo rei. “Olhe que o tempo está assim mas não é Natal, senhor presidente”, afirmou Simplício, da confeitaria Doce Docinho.

    “Antes fosse esse o meu problema, senhor Simplício”, limitou-se a responder Cavaco. “Bolas, já falei demais, dê-me um bolo qualquer para eu meter na boca, senhor Simplício, pode ser esse mil folhas, vamos, rápido”, solicitou e não conseguiu dizer mais nada por causa do mil folhas.

    Recorde-se que o financiamento da campanha de 2011 de Cavaco está a ser investigado pelo Ministério Público, que terá encontrado ligações ao Banco Espírito Santo, embora os portugueses não acreditem em tal possibilidade, pois seria a primeira vez. …

    Perante isto, o antigo Chefe de Estado teve de recorrer à táctica do bolo rei, que passa por introduzir fatias inteiras na boca, ficando impossibilitado de falar, mesmo que pretendesse.

    “Hoje em dia utiliza-se mais a táctica do “não me lembro”, “não tenho memória”, porque se entende que embucha menos, para além de que esteticamente é mais agradável à vista. Mas Cavaco é um clássico”, explica Simplício, editor de política do Imprensa Falsa. “A única diferença é que hoje em dia o bolo é sem glúten, ainda pode meter mais, portanto”, conclui

    ; )

    • abaixoapadralhada says:

      Estou com curiosidade de ouvir o “Topo Gigio”, vulgo Marques Mentes, sobre mais este episódio do seu padrinho. É as 6ª fªs no Laranja Canal

Responder a Carlos Almeida Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.