Albino Pinto de Almeida

Albino Pinto de Almeida, Presidente da Assembleia Municipal de Vila Nova de Gaia.

O homem – se assim lhe podemos chamar – da fotografia junta, chama-se Albino Pinto de Almeida e é o presidente socialista da Assembleia Municipal de Vila Nova de Gaia. Parece que, recentemente, foi empossado num outro cargo, numa tal de Associação Nacional das Assembleias Municipais, de cuja direcção, consta, é também presidente.

Conheci relativamente bem Albino Almeida aquando da minha passagem pela Câmara de Gaia. Convivi com ele cerca de dois anos e meio. Os sentimentos que por ele hoje nutro são de misericórdia, compaixão e até breve.

Há cerca de dois anos, em 2017, Albino Almeida foi levado por um patife – aquilo que na linguagem comum se costuma designar por “escroque”, palavra da qual não gosto mas cujo substituto não existe para a classificação do patife em questão – a apresentar uma queixa-crime contra mim. Uma queixa falsa, caluniosa, execrável. Ela própria um crime. Acusou-me, este Almeida sem sorte, por cujo destino não deixarei de rezar em competente altar laico, de ter falsificado a sua assinatura numa carta de recomendação que ele próprio assinou à minha frente. O tal patife regozijou com a calúnia, em espuma, soltando entre os dentes aquele seu odor característico a enxofre e vinha d’alhos.

A mim coube esperar que o Ministério Público cumprisse a sua função. Esperei quase dois anos e ele cumpriu-a, a 23 de Julho último, arquivando a queixa, mas não deixando de afirmar no respectivo Despacho que “foi junto relatório pericial efectuado à carta de recomendação objecto dos autos e (…) Assim, concluiu [o relatório pericial], à final ser “provável que a escrita suspeita seja da autoria de Albino Pinto de Almeida. (…) Aliás, os elementos probatórios carreados apontam até no sentido da autenticidade do documento denunciado”.

Houve duas testemunhas, ambas muito próximas, na altura, de Albino Almeida, que vieram ao Processo confirmar que o Presidente da Assembleia Municipal de Vila Nova de Gaia lhes confessou ter assinado a tal carta. Almeida juntava-se, assim, ao grupo de dirigentes do Partido Socialista de Vila Nova de Gaia que, em conjunto, me moveram, desde finais de 2016, 12 (doze) processos-crime.

Ou seja, a carta é, segundo o Ministério Público e os peritos forenses que a analisaram, verdadeira. Sempre foi, evidentemente. Albino Pinto de Almeida, Presidente da Assembleia Municipal de Gaia, assinou-a para depois me acusar de a ter falsificado. Fê-lo cedendo à chantagem de um patife de viela.

Como se classifica um homem – se assim lhe podemos chamar – que assim procede? Como pode uma criatura deste calibre ser presidente de uma Assembleia Municipal, em nome do Partido Socialista? Presidir – ó Senhor! – à Associação Nacional de Assembleias Municipais? Sair, sequer, à rua, sem que lhe caia ao chão a cara de vergonha?

Várias assinaturas de Albino Pinto de Almeida, recolhidas de documentos oficiais.

Original da Carta assinada por Albino Pinto de Almeida, de cuja falsificação me acusou.

 

Comments

  1. Abel. Barreto says:

    Como se classifica? É simples: é um invertebrado.

  2. Ricardo Ferreira Pinto says:

    Um porco. Nada mais do que um porco.

  3. Agostinho Lisboa says:

    Vergonhoso. Do pior. Capaz de mentir como se nada fosse. E fê-lo a mando de quem dia após dia se revela como o pior dos piores. Só mesmo lambe-cus o aturam.

  4. antero seguro says:

    Num xuxialista, tudo é possivel

    • Agostinho Lisboa says:

      Porque generaliza? Com essa conclusão abusiva e ofensiva, até para o autor do post, não fez mais do que abrir uma discussão lateral.

  5. JgMenos says:

    Repelente!

    • José Peralta says:

      Ó “menos” !

      CLARO QUE É REPELENTE ! Mas sabendo de ti o que sei, (através das bojardas reaccionárias que aqui costumas debitar…) para ti o FACÍNORA é repelente porque é do PS !

      Porque se fosse da direitalha a que vens aqui dar voz, e que também tem muitos, logo virias aqui atacar a “esquerdalhada”…

      Para mim o (UM) facínora É REPELENTE, PORQUE É… REPELENTE ! SEJA DO PS OU DE QUALQUER OUTRO PARTIDO !

      Percebes as diferenças ? Ou pensas que enganas alguém aqui ?

  6. Jorge Coelho says:

    Será que já ninguem se lembra do percurso deste senhor, na Associação Nacional de Pais (suponho ser este o nome de tão grandiosa organização…) .Sempre ziguezagueante sempre de acordo com os ministros da educação (ao tempo a tia “Milú”…)
    A quem “sabe” ser assim… nunca esquece!

    • JgMenos says:

      Político democrático, consensual, aberto ao contraditório, tolerante… abrilesco,

      • José Peralta says:

        Pois, ó “menos” !

        Porque se fosse da direitalha a que vens aqui dar voz, e que também tem muitos, logo virias aqui atacar a “esquerdalhada”…

        Para mim o (UM) facínora É REPELENTE, PORQUE É… REPELENTE ! SEJA DO PS OU DE QUALQUER OUTRO PARTIDO !

        Percebes as diferenças ? Ou pensas que enganas alguém aqui ?

  7. João Sequeira says:

    É uma questão aparentemente lateral, mas já agora deixem-me que pergunte: qual é a utilidade de uma “Associação Nacional de Assembleias Municipais”? Serve para quê? Para além de darem mais “algum” a ganhar a este Albino, evidentemente.

    • Ana Moreno says:

      E o pior é que o nível autárquico (e não só, claro) está cheio de senhores desta laia. Como se livra o país desta peçonha?

  8. Julio Rolo Santos says:

    Iguais a este há por aí muitos no poder autárquico. É só gente “séria” . Entram pobres ou remediados para a política e saem anafados e ricos. Enquanto por lá andam olham de lado para quem os elege e cospem em quem não os tolera. São “gente” que se tornam “importantes” enquanto esmifram o erário público. Mas a vida dura mas não perdura.