Quem nos defende da DECO?


A DECO é uma organização que, supostamente, devia defender os consumidores. Pois bem, agora precisamos de alguém que nos defenda da DECO.
O spam na caixa de correio é constante. Mails e mais mails, sempre com promoções e ofertas.
Muitos incautos vão na onda, aliciados com um pagamento baixo no primeiro ano e com uma oferta de inscrição, que ultimamente tem andado entre o smartphone e o tablet. A oferta chega sempre a casa, o problema é que ao fim de duas ou três semanas já avariou. É assim há anos.
Quando temos problemas com alguma instituição ou empresa, podemos contar com eles. «Consulte os nossos especialistas», dizem. E nós consultamos. E esperamos. Sentados, de preferência. Porque geralmente a resposta nunca chega.
No final, para além de uma revista que faz testes a produtos que não nos interessam, voam todos os meses 15 euros da conta. É a única coisa que, na DECO, nunca falha.
Perante tanta incompetência e inoperância, se calhar vou fazer queixa à DECO. Sentado, claro.

Comments

  1. Luís Lavoura says:

    Se o Ricardo não gosta da atuação da DECO, porque permanece sócio dela?


  2. Tenho muito boa impressão e enquanto fui associado parecia mesmo que as lojas, empresas, serviços tinham realmente medo da DECO ao passo que preencher livro de reclamações é para o lado que dormem melhor.
    No entanto, daquela vez que fizeram uma enorme campanha que o todo o gasóleo era igual ao litro deixou-me muito mal impressionado, porque qualquer leigo sabe que não é bem assim.

  3. Carlos Almeida says:

    A DECO ha uns 10 / 15 anos eram apenas uns avençados da Portugal Telecom de cujos maus serviços nunca havia reclamações.
    Nunca dei para esse peditório

  4. Julio Rolo Santos says:

    Faça como eu, deixe de ligar às promoções da Deco. Há muito, muito tempo, aceitei responder ao anúncio da Deco que me caiu na caixa eletrônica e passei a assinar a revista deles com a promessa de me enviarem um tablet, como oferta de promoção. As revistas foram-me sendo entregues e os pagamentos foram sendo retirados da conta mensalmente mas a tablet nada de aparecer. O tempo foi passando e a reclamação tornou-se inevitável. Passado algum tempo recebo uma chamada de uma transportadora que tinha uma encomenda da Deco para me entregar e queria confirmar a morada para poderem proceder a entrega da referida encomenda. Qual o espanto meu e da transportadora porque as moradas não coincidiam. A transportadora andava em Castelo Branco á procura da morada quando a morada certa, onde nunca falharam com a entrega das revistas, era na zona de Cantanhede. O senhor da transportadora pediu desculpa e disse logo não se poder deslocar para tão longe para proceder a entrega da encomenda. Obviamente que procedi a reclamação mas não valeu de nada. Suspendi de imediato a inscrição é a tablet nunca chegou a aparecer. De volta e meia bem o anuncio de mais uma oferta da Deco e segue de imediato para o caixote do lixo para evitar mais confusões. Façaça como eu, ignore-os.


  5. A partir do momento em que tive uma história com eles, também nunca serão de fiar…
    Porquê?
    Há uns anos atrás recebi um e-mail (quando ainda havia pouca informação sobre spam e era um pouco leigo na matéria) e, inocentemente, coloquei os meus dados com a informação pedida. Afinal, tinha a oportunidade de ter a revista da dita empresa por 3 meses (gratuitamente), com uma oferta de uma máquina de filmar…
    Acontece que:
    – a máquina era do mais foleiro que havia na altura – e nem correspondia ao que vinha nas imagens;
    – As revistas vieram durante 3 meses…
    – As revistas continuaram a vir para além dos 3 meses e, para meu espanto na altura, foi uma complicação de todos os tamanhos para cancelar a assinatura…

    Verdade que tinha pouca experiência neste tipo de situações, mas é também verdade que deviam ter sido claros e flexíveis na última parte do processo.

Responder a Luís Lavoura Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.