O extraordinário caso do *externado com notas *inflaccionadas

Duh-dih-dih-dah-duh-dah-duh-dih-dah-dah-dah-dah.
Flea

***

Trata-se de um caso extraordinário, extremamente curioso e, como outros, merecedor de distinção. Mesmo assim, cá entre nós, prefira-se *inflaccionadas a *inspeção (aliás, entre *inspeção e *externado, venha o diabo e escolha). Há razões que explicam a hipercorrecção *inflaccionadas. Nada explica *inspeção. Nada.

Os *fatos também têm explicação.

Continuação de uma óptima semana.

Nótula: João Mendes, obrigado pela notícia.

***

Comments

  1. POIS! says:

    Cá vai mais Poesia Achordal (da série “Cenas da Vida de um Externado”):

    “No Ribadouro eu vi três
    Inspetoras acocoradas.
    Andavam, de fato, à cacta,
    Das notas inflaccionadas.”

  2. Professor B says:

    E as inspetoras inspetam mesmo?

  3. Professor B says:

    Espetam nasaladamente, certamente…

Leave a Reply to POIS! Cancel reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.