A Comissão para a Igualdade de Género é inconstitucional e deveria ser extinta

Durante quatro longos anos, Portugal foi governado por uma coligação que identificou na Constituição da República Portuguesa um obstáculo à completa prossecução dos seus propósitos políticos e sociais. Apesar de tudo, apesar de todos os atropelos consentidos, omissões e condescendências, apesar de todas as abstenções violentas, a Constituição da República foi servindo como último reduto da dignidade do país e da defesa dos cidadãos contra a arbitrariedade e, amiúde, a barbárie de políticas neo-liberais que se pretenderam impor.

Esta memória ainda muito viva desses tempos, onde praticamente todos os dias se assistia a violentos ataques políticos ao Tribunal Constitucional, torna mais incompreensível um conjunto de episódios já desta legislatura, muito recentes, quando, mais uma vez, agora pela mão da “esquerda”, a Constituição parece representar um entrave aos objectivos políticos, tantas vezes inconfessados, de quem está no poder e o exerce.

[Read more…]

A Comissão para a Igualdade de Género

A Dra. Teresa Fragoso, presidente da CIG, mandou retirar dois livros do mercado porque “alimentam estereótipos”. Quem é que elegeu esta senhora e lhe deu poder para retirar livros do mercado?